Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Como funciona o INSS para MEI?

Tal qual o trabalhador que atua no regime de carteira assinada, o microempreendedor individual (MEI) também contribui para o INSS, garantindo assim que ele possa se aposentar no futuro ou que receba auxílios por doença ou acidente, por exemplo.

Mas de que forma o MEI contribui para o INSS? É opcional? E quanto isto custa? Estas e outras perguntas, você descobre aqui no Programa Avançar.

Sou MEI. Como eu pago o INSS?

Uma das obrigações do MEI é pagar mensalmente o guia do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS-MEI), taxa esta que inclui a contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Ou seja, não é necessário guardar um valor extra para a previdência social, pois ele já se encontra incluso no imposto simplificado do MEI.

Para efetuar o pagamento, é necessário emitir o DAS através do Portal do Empreendedor. Se quiser saber mais detalhadamente como funciona este processo, clique aqui.

Qual o valor da contribuição do MEI para o INSS?

Dentro do DAS, o valor reservado para a contribuição do INSS é de 5% do salário mínimo vigente. Por isso, é importante se atentar aos reajustes anuais do salário para saber quanto você paga todos os meses.

Em 2022, a taxa paga pelos microempreendedores em relação ao INSS é de R$ 60,60 levando em consideração o salário mínimo de R$ 1.212,00.

Vale lembrar que, para além do INSS, empresas que atuam no comércio ou indústria pagam também R$ 1,00 referente ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e quem atua na área de prestações de serviços paga R$ 5,00 do Imposto sobre Serviços (ISS).

Qual será o valor da minha aposentadoria? Posso receber mais que isso?

O valor da aposentadoria do MEI será de 1 salário mínimo, equivalente a contribuição de 5% do salário mínimo, obrigatória ao microempreendedor individual. No entanto, é possível garantir um benefício maior no futuro pagando um valor complementar ao INSS.

A complementação é feita aplicando 15% no valor do salário mínimo, de forma que o MEI precisará pagar o valor mensal do DAS (que já inclui os 5% para o INSS) mais o complemento de 15%. Sendo assim, em 2022, o MEI precisaria pagar R$ 181,80 de complemento.

Para fazer isto, será necessário adquirir a Guia de Previdência Social (GPS) e preenchê-la com o código 1910. Isso deve ser feito manualmente, com a GPS podendo ser comprada em lotéricas, papelarias e lojas de conveniência.

Quer saber mais sobre a Aposentadoria do MEI? Confira em:

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeospodcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação FinanceiraCurso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander 

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

  • Documento de identidade (RG ou CNH) 
  • Número de CPF 
  • Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

MEI pode tirar todas as dúvidas com o Avançar

Quer saber mais sobre o MEI? Que tal dar uma olhadinha nesses conteúdos? Eles vão te ajudar a esclarecer qualquer dúvida sobre a modalidade:

Post ID: | Current Page ID: 5173

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.