Busca
Agronegócio Gestão de Negócios

Aplicativos de entrega: passo a passo para o seu restaurante

entregador de aplicativo em frente a um apartamento levando o pedido

Se fazer um pedido pelo telefone e ter sua refeição entregue sem precisar ir até o restaurante já era simples, a experiência se tornou ainda mais cômoda com a popularização do delivery pela internet. Atualmente, aplicativos como iFood e Rappi fazem parte da rotina de quem é adepto ao digital e quer ter acesso aos seus estabelecimentos favoritos de forma rápida e sem sair de casa.  

Levando em conta esta realidade, restaurantes que desejam atrair novos clientes utilizam como estratégia a presença em aplicativos de entrega. No entanto, para garantir um serviço de qualidade, é necessário ter uma oferta de atendimento diversificada e se atentar às características dos aplicativos mais acessados pelo público. 

Que tal saber como preparar seu estabelecimento para fazer boas entregas e alcançar o sucesso de forma online? Se este é o seu objetivo, você chegou ao artigo certo! Confira as principais informações sobre o cadastro nas plataformas IFood e Rappi.  

iFood 

Na categoria alimentos e bebidas, o iFood é o aplicativo mais usado pelos brasileiros, além de ser o sexto no mundo todo. Os dados foram divulgados pelo relatório State of Food and Drink on Mobile 2022

Quais são os requisitos para vender no iFood?

Para se cadastrar no iFood, é preciso ter um CNPJ e um computador Windows com internet em seu local de trabalho. Isso porque, para que as entregas funcionem, alguém deve estar disponível para aceitar os pedidos online.  

Para estabelecimentos que optarem pelo plano Básico, também é necessário ter um entregador próprio para realizar as entregas dos pedidos. 

Quais são os planos para vender no iFood? 

O iFood possui dois planos para restaurantes que desejam fazer parte do seu time de parceiros: o Básico e o Entrega. Ambos oferecem 30 dias grátis após o cadastro. 

Plano básico

Nesse caso, o próprio restaurante é responsável pela entrega e a mensalidade é de R$ 100 para restaurantes que venderem acima de R$ 1.800 por mês. A taxa é de 12% sobre o valor de cada pedido. 

Outra informação importante é que os pedidos com pagamento via iFood têm desconto de 3,2% referente à taxa de transação cobrada pelos cartões. 

Leia também: O que você precisa saber para começar a aceitar cartão de crédito e débito

Plano Entrega

Neste plano, a plataforma disponibiliza um entregador para buscar o pedido. A mensalidade é de R$ 130, apenas se houver faturamento maior que R$ 1.800 por mês.  

A taxa sobre o valor de cada pedido é de 23%. Caso o pedido seja pago pelo aplicativo, um adicional de 3,2% também é cobrado. 

Como se trata de um plano mais avançado, há também outros diferenciais interessantes, como rastreio de entrega em tempo real e tecnologia para gestão de tempo de preparo e entrega.  

Como cadastrar um restaurante no iFood?

O primeiro passo é entrar no site oficial do iFood para parceiros. Posteriormente, clique em “Cadastrar Restaurante”, localizado no campo superior da tela.  

Para iniciar o cadastro, basta inserir dados como nome completo, e-mail e celular. Durante o processo, é necessário assinar um contrato digital.  

Também é possível configurar outras informações, como formas de pagamento aceitas, horários de funcionamento e itens do cardápio. Esses dados ficarão disponíveis para os clientes no aplicativo — por isso, é muito importante que as opções sejam disponibilizadas corretamente. 

Como funciona o pagamento no iFood?

Na hora de comprar, os clientes podem escolher dois tipos de pagamento: via restaurante e via iFood. 

Via restaurante: o cliente escolhe pagar em dinheiro, cartão de crédito, débito ou vale refeição diretamente para o restaurante. 

Via iFood: o cliente escolhe pagar em cartão via site ou aplicativo do iFood. Dessa forma, as vendas são contabilizadas por períodos de 7 dias e os repasses são feitos pela plataforma em até 4 semanas, sempre às quartas-feiras. 

Curso para Empreendedores – Invista no seu negócio

Rappi 

Diferentemente do iFood, o Rappi não é uma empresa brasileira. A startup foi fundada na Colômbia e está presente em 9 países da América Latina. 

Requisitos para vender no Rappi 

Os requisitos para que seu restaurante seja aceito no Rappi são divididos em documentos, cardápio e até mesmo identidade visual (logo e capa). 

Documentos  

  1. RG ou CNH: (Documento legal com foto e número de identificação do RG e CPF do representante legal pelo CNPJ); 

  1. Comprovante bancário da conta cadastrada (para empresas MEI "Microempreendedor Individual" a conta poderá ser em nome de pessoa física, do contrário apenas serão aceitas contas em nome de pessoa jurídica); 

  1. Cartão CNPJ;

  1. Alvará de funcionamento ou da Vigilância Sanitária, para empresas nos estados do Rio de Janeiro e Bahia; 

  1. Estatuto Social ou Contrato Social. 

Cardápio 

  1. Ter pelo menos 5 produtos para registrar; 

  1. Imagem de cada produto (maior que 360px X 360px e preferencialmente horizontal); 

  1. Nome de cada produto; 

  1. Descrição de cada produto (como é o produto ou seus ingredientes); 

  1. Preço de cada produto. 

Logo e capa 

  1. Logotipo da filial (maior que 360px X 360px); 

  1. Imagem da capa (maior que 360px X 360px e de preferência horizontal). 

Leia também: Como escolher o nome e o logotipo para meu negócio?

Quanto o Rappi cobra dos restaurantes?  

A cobrança é feita por meio de uma comissão, que se trata de um percentual acrescido de IVA (Imposto sobre Valor Agregado) sobre cada venda, ou valor da fatura, feita na plataforma. 

De acordo com o próprio site oficial, o valor da comissão varia de acordo com cada país e é possível saber o preço exato somente durante o processo de cadastro.  

Como cadastrar um restaurante no Rappi?  

No caso do Rappi, é possível se cadastrar tanto por e-mail quanto pelo site oficial. Para que o processo seja finalizado rapidamente, tenha em mãos os itens citados acima, no item “requisitos”.  

No cadastro realizado via site, selecione a opção “Registre seu restaurante”. Você deverá inserir seu nome, sobrenome, telefone, e-mail e criar uma senha.  

As ações são resumidas em 3 passos: registrar seu restaurante; configurar sua marca e criar seu cardápio; ficar ativo e começar a receber pedidos. 

Restaurantes que optarem o cadastro por e-mail devem entrar em contato com a área de parceiros por meio do endereço: sejaparceiro@rappi.com. Você deverá inserir alguns dados, tais como: nome do estabelecimento, tipo de comida servida e a localidade.  

Depois, basta aguardar o retorno da equipe da plataforma. Na etapa seguinte, é necessário preencher os dados solicitados e ativar o estabelecimento. No final, é possível inserir as informações referentes ao cardápio e escolher os pratos que o restaurante quer oferecer. 

Como funciona o pagamento no Rappi?  

Tratando-se do Rappi, os clientes podem pagar os pedidos com cartão de crédito, débito, vale refeição, PayPal, Google Pay, Apple Pay e dinheiro no ato da entrega. 

Já decidiu em qual das duas plataformas vale a pena cadastrar seu restaurante? Para tirar suas dúvidas sobre como administrar o seu negócio e obter sucesso financeiro, conte sempre com o Programa Avançar.  

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeos, podcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação Financeira, Curso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

• Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

Post ID: | Current Page ID: 5135

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.