Busca
Agronegócio Inovação & Tecnologia

5 passos para promover inovação no RH e não ficar para trás

A área de recursos humanos tem uma função estratégica dentro da empresa: lidar com os profissionais, peças-chave de qualquer negócio. Sendo assim, é fundamental buscar sempre as melhores práticas de gestão, com foco na inovação no RH.

Pensando nisso, preparamos este artigo para apresentar 5 passos práticos capazes de otimizar os processos do setor e ganhar maior eficiência operacional na gestão de pessoas. Acompanhe!

1. Aposte em plataformas de recrutamento e seleção

O processo de recrutamento de profissionais é uma das principais tarefas do setor de RH. São dezenas de currículos que a empresa recebe todo dia, impressos ou via e-mail. Além disso, cada cargo tem especificações que o candidato precisa atender. Tudo isso é gerenciado pelo RH.

No entanto, existem novas ferramentas que ajudam o gestor a divulgar suas vagas para buscar e contratar um candidato qualificado. Entre elas, podemos citar as redes sociais. O LinkedIn, por exemplo, é uma das mais usadas no âmbito corporativo.

Existem também plataformas que funcionam como uma espécie de Job Board, onde a empresa cadastra as vagas e o profissional insere o seu currículo. O sistema se encarrega de encontrar a opção mais adequada para ambos, tudo de forma automatizada.

2. Incentive a capacitação contínua

A inovação no RH também vem por meio do treinamento profissional dos funcionários. É importante que o gestor incentive a capacitação contínua para que sua equipe esteja sempre alinhada às novas tendências do mercado.

Não faltam recursos que propiciem esse desenvolvimento, de cursos online ou presenciais a universidades corporativas, palestras, feiras do setor, trilhas de carreira e muito mais.

Esses são momentos importantes que a empresa pode usar para suprir uma necessidade corporativa, aprimorar sua rotina e adotar uma nova técnica que corrija falhas nas operações.

3. Use o people analytics para aumentar a produtividade

Diversas áreas do mundo corporativo já adotam indicadores de desempenho para mensurar o resultado e propor melhorias. O mesmo deve ser feito pelo gestor de recursos humanos.

O people analytics é um processo que coleta, organiza e analisa informações a respeito da conduta e do desempenho profissional dos funcionários, de modo a detectar tendências e propor estratégias de desenvolvimento. Por meio dele, é possível extrair insights valiosos para a tomada de decisão, a fim de aprimorar o processo interno e melhorar o clima organizacional.

4. Não abra mão da tecnologia

É possível adotar tecnologias que aperfeiçoam as operações do setor de RH. Por exemplo:

?   a nuvem permite compartilhar informações e aprimorar a comunicação interna;

?   um software de gestão de RH organiza as informações dos colaboradores e integra os dados com as demais áreas da empresa;

?   os dispositivos IoT (Internet das Coisas) automatizam o registro de ponto.

As possibilidades são muitas. Cada uma delas agrega valor à operação, ajuda a automatizar tarefas mecânicas e dá ao gestor mais tempo para focar em questões estratégicas.

5. Invista no bem-estar profissional da sua equipe

O ativo mais valioso de uma empresa é o seu capital humano. Por isso, os gestores têm percebido a necessidade de investir em aspectos que melhoram o bem-estar da equipe. É possível implantar desde pequenos ajustes no ambiente de trabalho até a adoção de planos de carreira e outros benefícios. Quanto mais satisfeita, mais produtiva e engajada a equipe se torna.

É claro que a inovação no RH não ocorre automaticamente com a aplicação desses passos. Na realidade, ela é fruto de uma série de ações que devem ser bem planejadas e executadas. É uma estratégia que, sem dúvida, traz crescimento para o negócio.

Post ID: | Current Page ID: 5637

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.