Busca
Agronegócio Gestão Financeira

Ativo circulante e não circulante: O que é, qual a diferença e por que é importante

mulher mexendo no computador com calculadora e óculos do lado

Antes de entender o que é ativo circulante e não circulante, vale a pena adquirir conhecimento sobre o que significa balanço patrimonial: um relatório que reúne os ativos, passivos e o patrimônio líquido de uma empresa. Em resumo, trata-se de um documento muito importante para acompanhar as finanças do seu negócio.  

Os passivos representam as dívidas, enquanto os ativos — assunto especial do artigo de hoje — são os bens que a empresa adquire durante a sua história.  

Para descobrir a diferença entre ativo circulante e não circulante, além da importância de cada um, vale a pena conferir com atenção as informações abaixo. 

O que é ativo circulante?  

O ativo circulante é um bem ou direito com maior liquidez. Ou seja, pode ser convertido em dinheiro rapidamente para o caixa da empresa, especialmente por meio da venda, que deve ser concluída no prazo máximo de 12 meses.  

Este recurso possui uma grande importância, tanto por garantir suporte financeiro para que as operações sigam normalmente quanto para compensar possíveis prejuízos.  

Se você ainda ficou confuso com o significado do ativo circulante, não se preocupe! Separamos exemplos que irão te ajudar a entender melhor o conceito: 

  • Dinheiro em caixa; 

  • Contas a receber; 

  • Dinheiro em conta bancária; 

  • Estoque; 

  • Mercadorias; 

  • Matéria-prima; 

  • Investimentos de curto prazo.  

Conheça os tipos de ativo circulante 

Existem 3 categorias para separar os ativos circulantes. São elas: 

Ativo circulante operacional 

Assim como o nome sugere, o ativo circulante operacional inclui os processos operacionais da empresa. Nesse caso, são recursos essenciais para que negócio flua de forma saudável, como contas a receber dos clientes e estoques.  

Ativo circulante cíclico 

Este tipo de ativo circulante é gerado por meio de movimentações financeiras que fazem parte da rotina da empresa, como mercadorias, compra de estoque e duplicatas a receber (valores recebidos em vendas a prazo).   

Ativo circulante líquido 

O ativo circulante líquido se refere recursos financeiros disponíveis para pagar despesas e dívidas. Alguns exemplos são dinheiro em caixa e ações de curto prazo.  

É importante ressaltar que o ativo líquido também pode ser não circulante, caso o prazo para que ele seja convertido em dinheiro for maior que 12 meses.  

O que é um ativo permanente?  

Ativo permanente é um antigo nome para o ativo não circulante. O termo não é mais utilizado desde 2008, quando foi extinto pela medida provisória 449, substituída pela Lei 11.638/2007.  

O que é um ativo não circulante?  

O ativo não circulante é caracterizado pela baixa liquidez. Em outras palavras, seus recursos precisam de mais tempo para serem transformados em dinheiro — nesse caso, o prazo deve ser superior a 12 meses. 

São exemplos de ativos não circulantes: 

  • Veículos; 

  • Equipamentos; 

  • Imóveis.

Conheça os tipos de ativo não circulante 

Existem 4 tipos de ativo não circulante. Abordamos cada um deles nos tópicos abaixo. 

Ativo não circulante realizável a longo prazo 

Este tipo de ativo não circulante corresponde aos valores que a empresa deve receber após o fim do período de balanço patrimonial.  

Empréstimos, aplicações financeiras e duplicatas a serem recebidas em um período superior a um ano são exemplos de ativo não circulante realizável a longo prazo.  

Investimentos 

No ativo não circulante, encaixam-se os investimentos planejados para gerar lucro a médio e longo prazo, além de ações voltadas para a expansão da empresa.  

Imobilizável 

O ativo não circulante imobilizável reúne todos os bens fixos e tangíveis voltados para a operação de empresas, como móveis, máquinas, equipamentos, terrenos e veículos.  

Uma curiosidade marcante sobre os recursos deste tipo de ativo é que eles costumam se desgastar, fator que tende a diminuir seu valor ao longo do tempo.  

Ativo intangível 

O ativo não circulante intangível representa os bens que não podem ser tocados, mas são importantes economicamente, como os softwares adquiridos e usados pela empresa.  

Curso Gratuito de Fluxo de Caixa com Certificado - Programa Avançar

Qual a diferença entre ativo circulante e não circulante?  

Como explicamos anteriormente, o ativo circulante possui maior liquidez e leva no máximo 12 meses para se converter em dinheiro.  

Já o ativo não circulante possui menor liquidez, contando com o prazo de no mínimo 1 ano para esta conversão.  

Qual a importância do ativo circulante e não circulante para o seu negócio?  

Os ativos circulantes e não circulantes são parte do balanço patrimonial, relatório fundamental para a análise de resultados da empresa. Por meio dos dados obtidos, é possível acompanhar a saúde financeira do negócio com muito mais precisão.  

Se você considera muito complicado lidar com este tipo de documento, temos uma boa notícia: preparamos um artigo completo sobre balanço patrimonial, ensinando como fazer o da sua empresa. Confira

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeos, podcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação Financeira, Curso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

• Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

Post ID: | Current Page ID: 1022

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.