Busca
Agronegócio Empreendedorismo

5 dicas para empreender em casal

Unir esforços e empreender juntos. Quando um casal decide juntar a vida pessoal com a profissional precisa redobrar os cuidados para fazer com que eventuais conflitos não interfiram nem no negócio, nem no relacionamento. Por outro lado, o empreendimento tem muito a ganhar quando ambos se dedicam para o sucesso da empreitada e somam forças para enfrentar unidos o desafio que é manter um pequeno negócio.

Se você pensa em abrir um negócio com seu(sua) parceiro(a) de relacionamento afetivo, vale a pena conferir cinco dicas para facilitar a convivência prolongada que vocês passarão a ter:

1. Equilibrar vida pessoal e empreendedorismo

É preciso cuidado para não deixar que o tempo reservado à vida pessoal seja invadido pelas tarefas e assuntos da empresa. Reservar momentos para lazer e descanso é fundamental para a saúde mental e física, porém as pausas não terão o mesmo efeito se forem tomadas pelas questões do empreendimento. O ideal é combinar que os temas da empresa serão tratados nos horários dedicados ao trabalho.

2. Estabelecer uma divisão clara de tarefas, conforme a habilidade de cada um

Empreender envolve uma série de atividades, muitas delas de caráter administrativo, como pagar contas, controlar o fluxo de caixa etc. É importante definir quem ficará responsável por cada uma das tarefas. Além de evitar esforços duplicados, também reduz a chance de ações importantes serem simplesmente esquecidas pela correria do dia a dia. Mais do que se pensar em uma divisão quantitativa, ou seja, o mesmo número de tarefas para cada um, o ideal é que a separação seja baseada em habilidades. Uma pessoa com um perfil mais organizado ou que tenha maior facilidade em lidar com números pode ser mais produtiva no momento de gerenciar pagamentos e recebimentos, por exemplo.

3. Flexibilidade 

Saber escutar, não querer sempre que as coisas sejam feitas exatamente do jeito que se deseja, delegar e confiar. As recomendações feitas para quem gerencia uma equipe valem em dobro para quem empreende em casal. Isso porque há uma tendência de que a falta de hierarquia e maior proximidade existente no casal gerem invasões de espaços, questionamento de decisões e menor cuidado no momento de se expressar uma opinião. 

4. Preservar o ambiente da empresa

Atenção às trocas de carinhos ou tratamento íntimo no ambiente da empresa, como uso de apelidos pessoais. Não é necessário, claro, esconder a condição de casal, porém é fundamental manter uma postura profissional diante de funcionários e clientes. 

5. Sonhar juntos

As metas e os rumos da empresa devem ser definidos de forma conjunta e estarem alinhados para a realização dos sonhos do casal. Ambos precisam sentir que estão conseguindo, com o empreendedorismo, seguir com seu propósito de vida. Por isso, tudo dever ser combinado e conversado antes de tomadas de decisões que definam os caminhos do negócio.

Além de buscar seguir essas dicas, será necessário aprender lidar de maneira mais tranquila diante de problemas. Colocar-se no lugar do parceiro e dividir a responsabilidade – e culpa – por coisas que venham a dar errado são atitudes que ajudam a passar melhor pelas dificuldades. Tão importante quanto isso é celebrar as conquistas, mesmo as mais pequenas, e compartilhar a alegria do sucesso.

Está pensando em abrir um negócio? Que tal começar bem preparado? O Programa Avançar oferece vários cursos online gratuitos para aumentar seus conhecimentos e te preparar para os desafios de empreender. Acesse agora mesmo.

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.