Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Live Marketing: tudo sobre a estratégia queridinha das grandes empresas

Live Marketing é uma estratégia capaz de melhorar a percepção da marca e promover a fidelização do cliente. Ele visa a maior participação do público, de modo a elevar o engajamento.

De acordo com dados da Forrester, 77% dos consumidores preferem, indicam ou pagam mais por uma marca que entrega experiência ou serviço personalizado. Isso mostra a importância de buscar uma estratégia de marketing que priorize a relação positiva com o cliente, como o Live Marketing. Aliás, ela ainda coloca o indivíduo no centro de suas ações, buscando atendê-lo e proporcionar bem-estar.

Quer entender melhor o assunto? Confira o que preparamos!

O que é Live Marketing?

Live Marketing, ou “Marketing ao Vivo”, é uma modalidade em que a empresa interage mais com o público. Essa estratégia gera diálogo entre a marca e o indivíduo, fomentando o engajamento nessa relação.

Seu foco está em desenvolver a empatia do consumidor pela marca, muitas vezes por meio de uma experiência sensorial. Em consequência, é possível elevar as vendas e a retenção de cliente.

Ele engloba ações, eventos e campanhas que geram interação a fim de conquistar o melhor resultado para um produto, serviço ou marca. Dessa maneira, almeja causar impacto positivo no público, bem como uma percepção diferenciada.

No Brasil, essa modalidade se tornou mais conhecida a partir de 2013, quando aconteceu o 1° Congresso Brasileiro de Live Marketing, realizado pela Associação de Marketing Promocional (AMPRO).

Que motivos o transformaram em uma tendência bem-vista?

Consumidor como centro da estratégia

O comprador é o alvo da estratégia do Live Marketing. Seu objetivo é aplicar uma ação que promova:

  • relação positiva com a marca;

  • maior interação entre empresa e cliente;

  • uma experiência agradável para o público;

  • maior engajamento por parte do consumidor.

Evolução do marketing promocional

O Live Marketing gera experiência sensorial, indo além de uma estratégia meramente promocional. Uma campanha com anúncio, cupom ou oferta ajuda a atrair o cliente. Todavia, uma ação em que ele pode testar o produto tende a criar maior apelo.

Por exemplo, a empresa alimentícia que anuncia um novo item por meio de uma oferta está praticando o marketing promocional. Mas, quando permite a degustação da mercadoria, ela está aplicando Live Marketing. Para tanto, é necessário que a estrutura da ação seja bem-pensada, com apresentação do item e interação de cliente e funcionário, além de um ambiente projetado para isso.

Apelo sensorial

Como visto, o apelo sensorial é um aspecto principal da estratégia. É preciso atrair e reter a atenção da pessoa para o produto ou serviço da empresa. Para tanto, é essencial adotar um mecanismo que gere impacto positivo em seus sentidos.

Inovação e aproveitamento de novas tecnologias

É essencial ter criatividade para pensar em uma forma diferente de interação com o público. Isso pode ser feito por meio de uma nova tecnologia. No ramo imobiliário, por exemplo, a Quartus desenvolveu um sistema em que o cliente usa óculos de realidade virtual para “passear” pelo modelo 3D de um apartamento.

Nele, dá para ver como ficaria a decoração. Além disso, é possível sentir o calor do forno na cozinha, um odor específico e até o vento que passa pela janela. Isso porque a sala real, por onde se transita, conta com dispositivos que liberam calor e cheiro. Também há um ventilador para a simulação de brisa.

Quais ações integram essa estratégia?

O Live Marketing reúne uma série de ações e ferramentas capazes de proporcionar experiência positiva ao consumidor. Veja o que é possível realizar:

  • um evento, como feira, exposição ou congresso;

  • uma ação própria de marketing promocional, que ajude a complementar o Live Marketing. Por exemplo: entrega de brinde ou amostra grátis e distribuição de prêmio;

  • uma atividade de merchandising;

  • uma ação virtual em mídia social;

  • geomarketing;

  • a utilização de um vídeo, como o de 360°, que permite maior imersão.

Integrar Live Marketing ao seu planejamento mercadológico pode aumentar a probabilidade de a sua marca reter clientes e ainda melhorar sua imagem perante o público.

Se considerarmos que o engajamento é outra meta, você ainda pode captar um consumidor de maneira indireta, por meio de recomendação de outro que foi positivamente impactado pela estratégia.

Você quer aprofundar sobre Live Marketing? Confira nosso conteúdo Live Marketing e Live Commerce: como fazer experiências inovadoras no seu negócio no Programa Avançar

 

Post ID: | Current Page ID: 5876

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.