Carrinho de compra abandonado: 7 dicas para reduzir este problema no seu e-commerce

Descubra como diminuir o número de clientes que desistem da compra na sua loja virtual

Publicado em 19/10/2020

Foto: Envato Elements

Você tem uma loja virtual e percebe que muitos consumidores realizam consultas, separam itens para aquisição, porém não finalizam a compra? Saiba que seu caso não é exceção. O chamado “abandono de carrinho de compras” é algo extremamente comum em vendas online. Pesquisa do E-Commerce Radar, referente ao primeiro semestre de 2018, indica que, em média, 82% dos carrinhos criados são abandonados; o relatório traz uma lista de abandono por categoria de produtos e revela que a categoria que mais sofre com isso é a de tabacaria (98% dos carrinhos criados não se traduzem em compras) e a com menor taxa de abandono é a de eletrodomésticos (67%).

Apesar de ser algo comum e inevitável, é possível apostar em estratégias para reduzir sua ocorrência. Confira:

1) Calcule sua taxa de abandono de carrinho – Este é um dado importante para você comparar o desempenho da sua loja virtual com o que acontece no seu segmento em geral (use os dados do relatório mencionado acima) e saber se sua realidade está muito diferente. Também é uma boa métrica de ser acompanhada para avaliar se as estratégias para redução do abandono estão realmente funcionando. 
Este é um cálculo simples de fazer. Vamos supor que, no mês passado, sua loja teve 75 compras efetuadas e 230 carrinhos criados. Para determinar a taxa de abandono o cálculo a ser feito é:

  • 1º Passo: 75/230 = 0,32 
  • 2º Passo: 1- 0,32 = 0,68
  • 3º Passo: 0,68 x 100 (para transformar em porcentagem) = 68% de taxa de abandono de carrinho

2) Revise o cadastro e elimine o que não for realmente necessário – mesmo sendo uma etapa essencial para a compra, formulários muito longos acabam com a sensação de agilidade e comodidade do e-commerce.

3) Informe frete, prazo de entrega e disponibilidade do item em estoque logo no início do processo – estes são importantes decisores de compra. Por isso, quanto mais cedo seu cliente souber o valor do frete e a previsão de quando irá receber o que está comprando, melhor será a experiência de compra dele e menor a chance de abandono do carrinho. A disponibilidade, então, é algo essencial: é muito desagradável chegar ao fim da compra e descobrir que o item desejado está indisponível. 

4) Otimize os passos até a finalização da compra – um processo muito burocrático e com diversas etapas é muito desanimador e pode levar o cliente a pensar em deixar a compra “para depois”. Tente reduzir o número de telas pelas quais o consumidor precisa passar até o fechamento da compra. 

5) Deixe claro quantos passos são necessários até o fechamento da compra e em qual passo o cliente está a cada momento – esta é uma forma de minimizar o desconforto do processo de finalização, pois o cliente saberá quanto falta para terminar.

6) Garanta que a página do carrinho esteja adequada para mobile – analise se a forma como tudo é apresentado está fácil de ser compreendida quando o acesso é feito por smartphone. O tamanho da tela pode impactar a experiência do cliente.

7) Inclua a imagem do produto e link direto para a página do produto escolhido no próprio carrinho de compras – o consumidor quer ter certeza de que adicionou o item certo. A foto ajuda a reduzir dúvidas e o link facilita caso ele queira rever a descrição, evitando que use o botão voltar. Isso ajuda a mantê-lo focado na compra.

Quer mais dicas para fazer sua loja virtual ser um sucesso em vendas? Acesse aqui o conteúdo exclusivo e saiba como organizar o e-commerce da sua empresa e conectar os meios de pagamento mais adequados.