Conheça 6 empresas que surgiram em tempos de crise

A história de empreendimentos que começaram na busca por soluções

Publicado em 07/05/2021

empreendedores vendo computador

Sabemos que a pandemia da Covid-19 não é a primeira grande crise da humanidade. Já tivemos outras ocasiões em que o mundo precisou se reajustar de alguma forma e começar a pensar em novas soluções.

São em momentos de crise que temos exemplos de empresas que surgiram para resolver problemas e acabaram se tornando grandes potências. É uma questão de encontrar lacunas, criar ou somente aproveitar as oportunidades. Trouxemos aqui 6 empresas que surgiram em tempos de crise para que você conheça as histórias e até mesmo para que possa servir de inspiração no seu próprio negócio. Conheça!

IBM

Pois bem, a IBM foi criada de fato em 1911, com Charles Flint. Porém, foi em 1929, quando aconteceu a grande quebra da bolsa de Nova Iorque, conhecida como quinta-feira negra ou grande depressão americana, que a IBM decidiu expandir seus negócios.

Nesse ano, com grande quantidade de empresas falindo e demitindo seus funcionários, Thomas Watson, CEO da IBM no momento, teve uma visão empreendedora e aumentou seus investimentos, contratando mais funcionários e preparando a empresa para o crescimento.

Em 1930, enquanto a maioria das empresas haviam reduzido sua produção, a empresa continuou fabricando máquinas em seu ritmo normal. Em 1935, o presidente Franklin Roosevelt criou o órgão de administração das aposentadorias (US Social Security Act of 1935), e a IBM era a única a possuir estoque e tecnologia para tratar dos milhões de dados da previdência americana, tabulando registros de emprego para 26 milhões de pessoas, o maior projeto contábil da época.

Nescafé

Mas o ano de 1929 não foi só da grande depressão americana. Havia outra crise, a maior do café que já existiu, que causou a quebra de muitos produtores.

Sendo o Brasil na época um dos maiores produtores de café do mundo, com um grande excesso de grãos, uma comitiva oficial brasileira foi à Suíça, conversar com a Nestlé para buscar uma solução, após muita pesquisa, surgiu o café solúvel (instantâneo) e a marca Nescafé.

Nutella

Já em 1940, durante a Segunda Guerra Mundial, que causou a escassez de muitos alimentos, incluindo o cacau, Pietro Ferrero criou o Grupo Ferrero, produzindo cremes de avelã, na época um produto disponível na Itália. Daí surgiu posteriormente a Nutella :)

Hoje, a Nutella já fatura mais de 10 bilhões de euros e está presente em mais de setenta países do mundo representando cerca de 25% do consumo mundial de avelã.

Localiza

A história da Localiza tem conexão com vários momentos de crise no Brasil. Foi em 1973, durante a crise de petróleo, que o empresário Salim Mattar, financiou 6 fuscas e iniciou seu negócio de aluguel de carros. Em 1979, durante o segundo choque do petróleo, a Localiza abriu a 1ª filial de agência de locação de carros em Vitória/ES.

Em 1984, passaram a adotar a estratégia de franchising como resposta à crise da dívida externa. O resultado foi o fortalecimento da marca Localiza com a ampliação da presença no mercado. Hoje representam a maior rede de aluguel de carros da América Latina.

Airbnb

Um dos maiores símbolos da economia compartilhada, o Airbnb surgiu em 2008, durante a crise causada pela bolha imobiliária dos EUA. O objetivo era simples, fazer com que as pessoas pudessem alugar seus espaços não utilizados, seja um quarto, apartamento ou casa, proporcionando uma renda extra.

No começo, Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk ainda sofreram um pouco de relutância, já que não era uma ideia simplesmente tão aceitável receber pessoas “estranhas” na sua casa. Hoje, com a ideia de compartilhamento mais difundida, o Airbnb possui grande aderência e possibilita que pessoas com espaços vazios em suas residências possam aproveitá-los.

Uber

A Uber é outro grande símbolo da economia compartilhada que também nasceu em tempos de crise econômica, em 2009, na cidade de São Francisco. Os empreendedores Garrett Camp e Travis Kalanick desenvolveram um aplicativo que pudesse atender a demanda de passageiros e criar uma fonte de renda alternativa para pessoas que tinham carros. 

Hoje a Uber já se tornou uma importante fonte de renda para diversas pessoas, presente em 69 países do mundo. No Brasil, já são mais de 1 milhão de motoristas, números informados pela Uber.

Como vimos, empreender pode ser a solução em momentos de crise. Em 2020, com a crise do novo coronavírus, registrou saldo positivo de 2,3 milhões de novos negócios abertos, segundo o Ministério da Economia. Ou seja, com o aumento da suspensão de contratos de trabalho, demissões e impossibilidade de realizar alguns serviços, os brasileiros procuraram novas oportunidades no empreendedorismo. 

Gostou de conhecer as histórias dessas seis marcas? Se você tem interesse no tema, cadastra-se gratuitamente no Programa Avançar e tenha acesso aos nossos conteúdos especiais sobre Gestão e Inovação!

Fique por dentro de tudo sobre Empreendedorismo

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. São cursos online e podcasts atualizados com as novidades do mercado, dentre outras vantagens exclusivas:   

>>  Cadastre-se gratuitamente no Programa Avançar <