Busca
Agronegócio Prospera

Como montar uma padaria em 10 passos

A imagem mostra diversos tipos de pães expostos em uma vitrine de padaria.

O que você precisa saber: 

  • Antes de começar qualquer negócio, você precisa se planejar para saber quais decisões você irá tomar; 

  • Um dos primeiros passos para abrir uma padaria é entender quem é seu público e sua concorrência

  • Ter bons fornecedores é fundamental para oferecer bons produtos para seus clientes. 

Se está pensando em começar um negócio, que tal montar uma padaria? 

Esse tipo de comércio é indispensável em bairros, já que as pessoas sempre estão dispostas a comprar um pão quentinho pela manhã, um bolo para o café da tarde e até mesmo outros itens importantes para as refeições, como leite, margarina e frios. 

Nesse artigo, nós do Prospera vamos te explicar os passos para montar uma padaria em seu bairro. Continue lendo e se prepare para ter um comércio de sucesso! 

O que é preciso para montar uma padaria? 

Para começar qualquer negócio, é preciso ter um planejamento. Isso não é diferente se tratando de montar uma padaria. 

Por isso, o primeiro passo para montar a padaria é fazer um planejamento. Nele, você precisa incluir: 

  • Quanto você irá investir em seu negócio; 

  • O que será vendido; 

  • Quem é seu público; 

  • Quais equipamentos são necessários; 

  • Qual seu objetivo com seu negócio; 

  • Como você irá atingir esse objetivo; 

  • Em quanto tempo você quer atingir esse objetivo. 

Ter esse planejamento em mãos vai te ajudar a não desviar dos planos que você tem para seu negócio e na hora de tomar decisões relacionadas a ele até mesmo em tempos de crise. 

Tenha em mente que, no começo, seu plano poderá mudar e se adaptar, ainda mais quando você colocar em prática os 10 passos que temos para você montar sua padaria. 

Microcrédito Prospera Santander

Quais os passos para montar uma padaria?

Temos 10 passos para te ajudar a abrir sua padaria! Veja quais são eles agora! 

  1. Escolha o local 

Se você vai começar um negócio, você precisa de um local para ele, certo? Então, o primeiro passo para abrir uma padaria é escolher onde ela irá funcionar. 

Você pode começar vendendo produtos como bolos, pães e doces em sua casa, mas também pode alugar um ponto para montar o seu negócio. 

Para escolher um bom lugar para sua padaria, leve em consideração: 

  • Se já existem padarias na sua região; 

  • Se há público o suficiente para fazer compras; 

  • O poder aquisitivo do público da região da padaria. 

  1. Entenda seu público 

Saber quem é seu público e entender o que ele quer é fundamental para definir o que você irá vender e como vai fazer isso. 

Então, procure entender características do público que você quer ter em sua padaria, como o que eles costumam comprar em locais como esse, se costumam comprar e levar para casa ou consumir no local, quais os horários preferidos para ir até a padaria, entre outras características que vão te ajudar a saber como seu público se comporta e entender como você deve vender para ele. 

  1. Conheça seus concorrentes 

Manter sua concorrência sob observação, entender como é o atendimento, o que eles vendem, seus preços, entre outras coisas que fazem parte da rotina de um comércio é fundamental para conquistar seu público. 

Isso porque, com essas informações em mãos, você pode decidir o que fará de diferente para se destacar da concorrência – ou seja, escolher o seu diferencial, que é o que irá chamar a atenção do público e fazê-lo decidir comprar com você. 

  1. Defina o cardápio 

Sabendo o que seu público deseja e o que a concorrência vende, fica mais fácil montar um cardápio que chame a atenção dos clientes e que seja diferente – e melhor – do que o da concorrência. 

O cardápio de uma padaria é, geralmente, composto por diferentes tipos de pães. Mas isso não te impede de variar as opções de pães e até mesmo oferecer alguns produtos diferentes, como bolos, doces, salgados, sanduíches e bebidas, como cafés e chocolates quentes. 

Além disso, padarias também podem vender itens de mercadinho, como leite, achocolatado em pó, café em pó e frios, dando a opção de que os clientes comprem produtos que complementem os pães e doces. 

  1. Escolha os equipamentos 

Padarias precisam de equipamentos para a produção de seus produtos. Por isso, depois de definir o cardápio é preciso estudar para saber quais equipamentos serão necessários para produzi-lo. 

Nesse passo, é comum que sejam feitas alterações no cardápio até que tudo se encaixe com os equipamentos que você puder comprar. E não se preocupe: é comum começar sua padaria com apenas alguns equipamentos e comprar outros de acordo com o crescimento do seu negócio. 

Entre os equipamentos mais comuns usados em uma padaria, estão: 

  • Forno; 

  • Masseira – uma espécie de batedeira para massas pesadas; 

  • Batedeira planetária para massas mais leves; 

  • Modeladora de massas; 

  • Assadeiras; 

  • Formas; 

  • Balança; 

  • Fatiadeira de pães; 

  • Câmara Climática. 

Além disso, também são necessários equipamentos para exposição dos produtos, como: 

  • Estufa; 

  • Prateleiras; 

  • Geladeiras; 

  • Gôndolas. 

  1. Defina os fornecedores 

Fornecedores são fundamentais para qualquer negócio, já que é deles que você irá comprar os materiais para sua produção. Então, um bom fornecedor é aquele que te oferece produtos de qualidade a um preço que torne seus custos de produção sejam baixos. 

Também é preciso que os fornecedores tenham um bom sistema de abastecimento, garantindo que você sempre terá os produtos quando precisar, e bons prazos de pagamento, o que será bom para que você organize suas finanças. 

  1. Pesquise os documentos necessários 

Se você quer formalizar sua padaria, é uma boa ideia se tornar microempreendedor individual (MEI). Isso porque se registrar como MEI traz uma série de benefícios para quem empreende: ter um CNPJ, conseguir condições exclusivas em bancos, como crédito facilitado, oferecer diversas formas de pagamento para os clientes, entre outras. 

Abrir seu MEI é fácil, rápido e gratuito, já que o processo é feito pelo site do Governo Federal. 

Além disso, para manipular e vender alimentos, é preciso ter autorização, que pode mudar de acordo com a legislação municipal. Por isso, é preciso pesquisar quais são as regras da sua cidade sobre o funcionamento de comércios alimentícios. 

  1. Escolha o nome e crie o logotipo 

O nome e o logotipo de um negócio são decisões muito importantes, já que é assim que o público reconhecerá a sua empresa. 

Por isso, é preciso escolher um nome marcante e um logotipo que chame atenção e seja relacionado com o que você vende. 

No blog do Prospera, você encontra um guia completo de como escolher o nome e o logotipo do seu negócio! 

  1. Divulgue sua padaria 

Tudo pronto? Então é hora de divulgar que você vai abrir uma padaria! Comece com a vizinhança, amigos e parentes. Eles podem te ajudar na divulgação local do seu comércio para que você seja bem conhecido em sua região. 

Depois, é hora de usar as redes sociais: Instagram, Facebook, WhatsApp e todas as outras que seu público frequenta podem ser usadas para anunciar seus produtos e serviços. 

  1. Abra sua padaria! 

O último passo é, finalmente, abrir a padaria! Mas não se preocupe se esse passo demorar ou se você tiver que voltar e refazer alguns: é algo perfeitamente normal no processo de abertura de uma empresa. 

Ah, e não se esqueça de se capacitar para manter sua empresa funcionando: é assim que você vai aprender a cuidar das finanças do seu negócio e saber como investir nele. 

O Prospera, em parceria com o Programa Avançar, te oferece cursos 100% gratuitos para que você possa se capacitar como empreendedor. Descubra mais sobre nossos cursos agora! 

Post ID: | Current Page ID: 4865

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.