Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Previsões Econômicas: o que esperar para 2022

Muitas são as expectativas sobre como será o cenário econômico em 2022. De um lado, temos um mercado financeiro não muito otimista e, do outro, temos as projeções do governo, que trazem um cenário mais confiante, mediante o avanço da vacinação e retomada dos setores econômicos no país.

Quem possui uma empresa precisa estar preparado para os impactos da esfera econômica para o seu negócio. Por isso, é importante ficar de olho nas principais previsões e entender aspectos inflacionários, dentre outros cenários que possam agir como limitadores de consumo e afetar de alguma forma o seu negócio.

Trouxemos neste conteúdo uma visão do que podemos esperar para o próximo ano dentro dos principais indicadores. Fique por dentro do assunto!

O cenário

As perspectivas relacionadas ao próximo ano levam em consideração o cenário atual e projeções de mudanças que podem afetar o teto de gastos e o quadro fiscal no Brasil.

Num panorama de muitas incertezas quanto à gestão das finanças públicas para 2022, é importante levarmos em consideração alguns aspectos positivos e negativos para olharmos as projeções tendo em vista os dois cenários:

Positivos:

  • Aceleração da campanha de vacinação no Brasil;
  • Desenvolvimento dos programas sociais, como o Auxílio Emergencial e Renda Cidadã, que contribuíram para manter o consumo;
  • Crescimento do investimento privado;
  • Aumento dos preços das commodities, impulsionando as exportações.

Negativos:

  • Desaceleração da economia no final de 2021;
  • Gargalos nas cadeias de suprimentos da indústria;
  • Incertezas políticas e consequente risco de inflação elevada;
  • Continuidade da crise hídrica, resultando num aumento dos preços da energia;
  • Aperto monetário - juros mais altos do Banco Central em resposta à elevação dos preços.

De qualquer forma, uma recuperação da economia brasileira deve ser esperada no segundo semestre de 2022, à medida que os aspectos negativos de 2021 foram saindo de cenário, já que a perspectiva é de que haja a recuperação do mercado de trabalho.

Como comentamos, o mercado financeiro ainda possui muitas incertezas em relação a essas projeções, até por conta da dúvida sobre uma nova crise sanitária e de novas restrições de mobilidade, tendo em vista o surgimento de variantes da Covid-19.

Dos pontos de atenção, separamos os 3 temas de maior relevância segundo Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central, tendo em vista o impacto que pode gerar para quem tem um empreendimento no Brasil:

Inflação

A projeção de inflação para 2022 é de 4,96%. Para 2023 e 2024, as previsões são de 3,42% e 3,1%, respectivamente.

Selic

A previsão é de que a Selic encerre 2021 em 9,25% ao ano. Já para 2022, a estimativa é de que a taxa básica de juros suba para 11,25% ao ano. E para 2023 e 2024, a previsão é de Selic em 7,75% ao ano e 7% ao ano, respectivamente.

Câmbio

A projeção para a cotação do dólar se manteve em R$ 5,50 para o fim de 2021. Para 2022, a previsão é de que também continue neste mesmo valor, só diminuindo em 2023 e 2024.

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. São cursos online e podcasts atualizados com as novidades do mercado, dentre outras vantagens exclusivas:   

>>   Cadastre-se gratuitamente <<

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.