Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Food Truck: Um guia completo para montar o seu

Mulher atendendo cliente em seu food truck.

O que você precisa saber: 

  • Abrir um food truck pode ser uma boa alternativa para quem quer empreender no ramo alimentício; 

  • O investimento para esse negócio depende de vários fatores, mas calcula-se que seja em torno de R$50 mil; 

  • Quem tem um food truck pode ser MEI, facilitando a gestão de impostos e a regularização das atividades. 

Apesar de serem parte da vida dos brasileiros há algum tempo, os food trucks se popularizaram há alguns anos como uma alternativa para quem quer começar um negócio no ramo alimentício, mas não quer ter que lidar com custos como aluguel e outros que existem quando se tem um comércio tradicional. 

Porém, ter um food truck exige planejamento como em qualquer outro negócio e isso desperta muitas dúvidas dos empreendedores interessados nesse tipo de comércio. 

Nesse artigo, nós do Avançar vamos te explicar tudo o que você precisa saber para montar seu food truck. Leia agora e comece a planejar seu empreendimento! 

O que é um food truck? 

O food truck é um veículo que vende comida. Ele funciona como uma cozinha móvel, onde são preparados alimentos, e como restaurante, onde é possível comprar o que é preparado. 

Enquanto alguns food trucks são itinerantes, ou seja, se deslocam para vender seus produtos em lugares diferentes, outros ficam em lugares fixos, como feiras e calçadões. Os food trucks que ficam em lugares fixos são geralmente chamados de trailers. 

O que posso vender em um food truck? 

É possível vender todo tipo de comida em um food truck, desde lanches e pratos rápidos até refeições completas. 

Entre os alimentos que você pode vender estão: 

  • Hamburgueres e outros tipos de lanche; 

  • Tacos; 

  • Pizza; 

  • Crepes; 

  • Tapiocas; 

  • Sushi; 

  • Frango frito; 

  • Churros; 

  • Sorvetes; 

  • Massas; 

  • Comidas veganas; 

  • Entre outras. 

Por isso, antes de decidir o que você venderá em seu food truck, é preciso fazer uma pesquisa de mercado para entender em que tipo de comida seu público está interessado, o que a concorrência vende e como você pode se diferenciar dela. 

Quais as vantagens de ter um food truck? 

Entre as vantagens de ter um food truck estão: 

  • Baixos custos de instalação; 

  • Não é preciso ter uma equipe grande;  

  • É possível atender em diversos locais, inclusive em eventos e empresas; 

  • É acessível para consumidores de diferentes perfis; 

  • É uma atividade legalizada e regulamentada; 

  • Pode se enquadrar como MEI.

Quais as desvantagens de ter um food truck? 

Como todo negócio, ter um food truck tem desvantagens. Algumas delas são: 

  • Custos com manutenção do veículo; 

  • Depender de permissões do DETRAN e da Anvisa; 

  • Sempre depender do clima para trabalhar. 

O que é necessário para montar um food truck? 

Os itens necessários para montar seu food truck vão depender do que você quer vender. Por exemplo, se você pretende vender pizzas, você vai precisar de um forno; mas isso não é necessário se você quer vender sobremesas geladas. 

Além do veículo – que pode ser uma van, uma kombi, um furgão ou até mesmo uma caminhonete – existem alguns equipamentos padrões para todo food truck, como: 

  • Computador para registros de caixa e máquina para emitir notas fiscais; 

  • Geladeira; 

  • Exaustor; 

  • Fogão industrial; 

  • Bancada para preparo de alimentos; 

  • Reservatório de água; 

  • Compartimento para gás; 

  • Utensílios de cozinha. 

Lembre-se sempre que os equipamentos que você irá usar dependem também do espaço que você tem disponível: um food truck tem um espaço limitado para trabalho, o que pode dificultar o preparo de alguns alimentos e o uso de alguns itens. 

Qual o custo para montar um food truck? 

O custo para montar um food truck depende de vários fatores, como o veículo escolhido, os equipamentos que você irá ter nele, a região onde irá atuar e até mesmo o tipo de comida que irá servir. 

Porém, estima-se que o investimento inicial para montar um food truck básico é de cerca de R$50 mil, entre equipamentos, veículos, taxas e outras burocracias. 

Quais são os custos fixos de um food truck? 

Os custos fixos de um food truck são os gastos que estão sempre presentes no dia a dia do seu negócio, mesmo com altas ou baixas das vendas. Ou seja, você terá que lidar com eles todo mês. 

Entre os custos fixos de um food truck estão: 

  • Impostos e taxas; 

  • Salários de funcionários; 

  • Transporte do food truck até os locais de venda; 

  • Aluguel de ponto fixo do food truck, se houver; 

  • Depreciação do veículo e dos equipamentos, ou seja,a perda de valor que ocorre com o tempo; 

Quem tem um food truck pode ser MEI? 

Sim! O food truck é uma atividade que se encaixa como MEI. 

Para ser MEI, você deve ter mais de 18 anos, faturar até R$81 mil por ano, não ser sócio de outros empreendimentos e contratar apenas um empregado. 

Ser MEI traz uma série de benefícios para o empreendedor, como ter um CNPJ, fazer parte de um regime tributário facilitado, o Simples Nacional, que unifica os impostos na DAS e possui um valor fixo, poder emitir notas fiscais e ter direito à aposentadoria, auxílio-doença e maternidade e pensão por morte para a família. 

Curso para Empreendedores – Invista no seu negócio

O que fazer antes de montar um food truck? 

Como você já percebeu, montar um food truck exige planejamento. Por isso, antes de começar o seu negócio, você precisa: 

Estudar o mercado 

Você pode ter experiência no ramo alimentício ou até mesmo entender como funcionam os food trucks e seu mercado, mas é importante sempre fazer uma pesquisa de mercado antes de iniciar qualquer empreendimento. 

Com essa pesquisa, você consegue entender os desafios, oportunidades e obstáculos que você terá. Além disso, vai conseguir aprender mais sua concorrência, obtendo informações sobre é o seu trabalho, o que eles oferecem, preços praticados e outras características importantes para compreender seu funcionamento. 

O estudo de mercado também te ajuda a ter mais informações sobre o público que você pretende atingir e ainda saber mais sobre a localização – ou as localizações – onde pretende trabalhar. 

Entender a legislação local 

Você irá trabalhar com comida e existem muitas leis que você deve cumprir para conseguir oferecer um produto de qualidade e ainda se regularizar. Por isso, é importante buscar saber sobre a legislação local relacionada não apenas à alimentação, mas também ao transporte de alimentos e até mesmo se há alguma legislação específica relacionada à food trucks. 

Lembre-se que, geralmente, a lei muda de cidade para cidade ou de estado para estado, então é fundamental entender e cumprir a legislação de todo lugar que você pretende atuar. 

Escolher a localização 

A pesquisa de mercado irá facilitar esse passo. A localização de um food truck é a chave para seu sucesso, então, essa decisão é uma das mais importantes enquanto você estiver começando seu novo negócio. 

Para escolher a localização, leve em conta também o que você irá vender (food trucks de café da manhã funcionam bem em áreas com muitos escritórios, por exemplo) e os horários de atendimento. 

Estudar os custos e o retorno financeiro 

Você precisa de dinheiro para abrir seu food truck. Isso é um fato. Por isso, antes de abri-lo, se dedique a estudar quais os custos que você terá, qual investimento terá que fazer e em quanto tempo terá retorno financeiro. 

Estude essas variantes em diversos cenários para que você possa se planejar para todas as situações possíveis do dia a dia do seu negócio – desde o sucesso financeiro até épocas mais difíceis. 

O que fazer para montar um food truck? 

Depois de fazer estudos sobre tudo o que é relacionado ao seu futuro negócio, é hora de colocá-lo em ação. Temos alguns passos para te ajudar nesse processo: 

Escolher um nome e um logotipo para seu food truck 

O nome e o logotipo são duas das escolhas mais importantes para um negócio. Isso porque é dessa maneira que seu público irá te reconhecer durante todo o tempo que você manter seu negócio em funcionamento. 

Por isso, escolha um bom nome e crie um bom logotipo para seu food truck. Nós temos dicas de como fazer isso em nosso blog, no artigo Como escolher o nome e o logotipo para meu negócio

Comprar o veículo e os equipamentos 

Não há food truck sem um veículo e muito menos sem os equipamentos necessários para fazer os pratos. E, depois de fazer o estudo dos custos, esse passo será ainda mais simples de ser feito. 

Você pode buscar alternativas nesse passo, como conseguir um microcrédito para fazer essas compras ou até mesmo financiar um carro pelo seu CNPJ. Invista na opção que for melhor para você e para seu negócio. 

Se registrar como MEI 

Como falamos, quem tem um food truck pode ser MEI. Então, para ter um negócio regularizado, é preciso se registrar como microempreendedor individual

O processo é fácil, rápido e gratuito. Em pouco tempo, você tem seu CNPJ em mãos e pode colocar seu negócio em funcionamento. 

Se adaptar às legislações locais 

Você já conhece a legislação local, então é hora de se adaptar a ela. Faça as adaptações necessárias para garantir que você não irá ter problemas com a Vigilância Sanitária, evitando venda de produtos inadequados para consumo e, consequentemente, colocar clientes em risco.  

Customizar seu food truck 

Uma parte do que faz o público se lembrar de um food truck é a identidade visual que ele traz. Por isso, esse passo é tão importante: personalize seu food truck de acordo com seu logotipo e de uma maneira que vai fazer que seus clientes sempre se lembrem do seu produto. 

Criar um bom cardápio 

Estamos falando de comida, então, um bom cardápio é indispensável para seu food truck! 

Tendo como base o tipo de comida que você escolheu para vender, o espaço que você tem para trabalhar e as informações sobre o mercado, crie um cardápio irresistível, que irá despertar a curiosidade dos clientes e conquistá-los. 

Em nosso blog, você encontra dicas de como montar um cardápio irresistível para o seu negócio! 

O que fazer depois de montar um food truck? 

Hora de colocar o food truck para funcionar! Agora, é hora de investir nesses 5 itens: 

Investir na divulgação local 

A divulgação local é fundamental para fazer seu negócio se tornar conhecido na vizinhança e garantir que você conseguirá que esses clientes te indiquem para conhecidos, aumentando seu público. 

Em nosso blog, você encontra dicas de como fazer uma divulgação local eficiente para o seu negócio. 

Investir nas redes sociais 

Redes sociais são uma das melhores maneiras de conquistar clientes fora da sua área. E, se tratando de food trucks, você sempre estará fora da sua área, já que a ideia aqui é vender em diversos locais. 

Com as redes sociais, você pode anunciar onde estará durante o dia, anunciar novidades no cardápio, conquistar novos clientes e popularizar seu negócio. Por isso, não deixe de investir nelas quando começar seu negócio. 

Fazer a gestão financeira 

A gestão financeira é uma das coisas mais importantes em um negócio. É ela que garante que você não irá à falência, não terá prejuízos financeiros, consiga ter um retorno do seu investimento e, principalmente, consiga lucrar com seu trabalho. 

Por isso, é preciso cuidar de todos os aspectos das finanças do seu negócio, desde os custos do dia a dia até o faturamento que você tem, passando pelo seu estoque. Ter um controle de fluxo de caixa é o primeiro passo para isso. 

Investir no relacionamento com o cliente 

Prestar um bom atendimento, garantir que o cliente está satisfeito, ouvir sua opinião e aplicar melhorias que se encaixem no seu negócio são maneiras de garantir a boa relação entre você e seus clientes. 

E clientes satisfeitos sempre voltam, além de indicar seu trabalho para conhecidos, aumentando o seu público. 

Oferecer produtos de qualidade sempre 

Mantenha sempre a qualidade do seu food truck, seja da comida ou do atendimento: isso garante que todos os clientes terão uma boa experiência sempre. 

Por isso, invista em produtos de qualidade, preste atenção aos preparos, ao armazenamento dos alimentos e em tudo que pode interferir nesses aspectos do seu negócio.  

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeos, podcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação Financeira, Curso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

• Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

Post ID: | Current Page ID: 4369

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.