Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Por que vale a pena se tornar uma empresa com a certificação B

Foto: Shutterstock

Imagine uma empresa que trabalha para obter lucros e, ao mesmo tempo, tenta solucionar questões sociais e ambientais por meio de seus projetos e serviços. É assim o dia a dia da Raízes Desenvolvimento Sustentável, que surgiu em 2006 com a missão de usar o turismo para promover a melhoria de comunidades locais.
 
Em 2014, depois de obter a certificação do Sistema B, selo de negócios sociais e ambientais, a empresa centralizou ainda mais os seus esforços em atividades capazes de a tornar cada vez mais sustentável. Criado em 2006 nos Estados Unidos, o Sistema B é um movimento global que reúne mais de 1800 organizações de 50 países que têm uma missão em comum: construir ecossistemas que propiciem o fortalecimento desse tipo de companhia.

De acordo com a co-fundadora da Raízes, Mariana Madureira, ter o selo B é um exercício de reflexão sobre as práticas de gestão e escolhas nos negócios. "É uma oportunidade de ter reconhecimento pelo que já fazemos e também de ver com clareza o que ainda está por fazer", diz. Além da certificação ajudar a Raízes a se tornar uma empresa melhor para o mundo, Mariana destaca que o sistema proporciona uma conexão valorosa: "ele cria uma rede de colaboração entre negócios do bem".

Algumas das ações praticadas pela Raízes internamente são: minimizar impactos de deslocamento por meio de ferramentas digitais, estimular a equipe a continuar estudando e a repensar seu papel no mundo, e responsabilizar-se pela cadeira produtiva do produto ou serviço.

Segundo Mariana, o processo de certificação é simples, mas trabalhoso. 'São muitos itens a serem avaliados. Neste momento, estamos renovando a certificação, processo que é preciso ser feito a cada dois anos', explica. Para ela, é um incentivo extra para o aperfeiçoamento, já que a empresa não pode ter uma nota inferior à avaliação anterior.

Qualquer companhia pode obter a certificação, desde que tenha pelo menos 12 meses de operação e realize práticas que geram benefícios ambientais e sociais. De acordo com o site do Sistema B, entre os benefícios de obter o selo estão o acesso a novos clientes, a atração de talentos que buscam esse tipo de organização e o acesso a investidores de impacto socioambiental.

Veja a seguir 6 passos para se tornar uma empresa com a certificação B:

1. Preencher a avaliação B disponível no site oficial;

2. Participar de uma ligação telefônica com representantes do movimento;

3. Entregar a documentação de apoio;

4. Assinar o termo que reúnem os direitos e deveres de uma Empresa B e torna oficial o ingresso à comunidade;

5. Alterar os estatutos da companhia considerando os colaboradores, a comunidade e o meio ambiente;

6. Realizar o pagamento da certificação, que tem o valor definido de acordo com o faturamento anual da organização.


Quer acessar outros conteúdos para ajudar a desenvolver os seus negócios? O Programa Avançar oferece webséries e podcasts exclusivos para fomentar o empreendedorismo no país. Cadastre-se gratuitamente e confira!

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.