Busca
Agronegócio Gestão Financeira

Reduzir os gastos: confira 5 dicas

Em um momento de crise econômica e aumento geral de preços, a redução de gastos de uma pequena empresa se torna fundamental para a sobrevivência do negócio. Para quem é um pequeno empreendedor e está acostumado a lidar com recursos escassos, pode parecer impossível encontrar onde cortar custos. No entanto, as intensas atividades do dia a dia costumam fazer com que não haja um momento para revisar processos e decisões que escondem oportunidades para economia de tempo e dinheiro. 

Confira cinco dicas para promover uma redução geral de custos:

1. Reveja seu mix de produtos e/ou oferta de serviços

Avalie os prós e contras de manter produtos que não vendem tão bem ou oferecer serviços com menor valor agregado ou de baixa contratação. Muitas vezes eles foram incluídos no mix pela conveniência do cliente ou por apresentarem uma boa demanda tempos atrás. Pode parecer que a simples retirada não gera nenhum benefício, mas considere todo o processo envolvido na gestão de compra, espaço em estoque e, no caso de serviços, o tempo despendido em uma prestação com margem pequena.

2. Antecipe pagamentos

Se o dinheiro reservado para determinados custos e despesas já entrou em caixa, aproveite para já efetuar os pagamentos. Isso ajuda a evitar atrasos (que geram multas e juros) em caso de esquecimento pela correria do dia a dia. Além disso, alguns fornecedores podem oferecer descontos pela antecipação; por menor que seja, qualquer redução compensa, já que o dinheiro está em caixa. 

3. Atualize sua base de fornecedores 

Essa é uma tarefa importante de ser realizada periodicamente, mas se torna ainda mais relevante em momentos de alta de preços. Significa fazer uma cuidadosa pesquisa de mercado, para encontrar potenciais fornecedores com melhores preços e condições de pagamento. 

4. Elimine desperdícios no processo

Vale repassar atentamente por todas as etapas do seu negócio e verificar desperdícios, buscando formas de eliminá-los. Busque os desperdícios “físicos”, como, por exemplo, perda de algumas embalagens por manipulação incorreta; excesso de impressões; uso de vários equipamentos do mesmo tipo abaixo da capacidade total (ao invés da adoção da produção por lotes, aproveitando a capacidade máxima de maquinários). E observe, também, o desperdício de tempo, repensando etapas que podem ser encurtadas ou até eliminadas sem que haja perda de qualidade.

5. Automatize tarefas demoradas e repetitivas

Existem diversas soluções no mercado que podem facilitar a sua vida e de sua equipe ao automatizar tarefas.  Um exemplo é o controle de estoque, feito de maneira muito mais rápida e precisa via sistema do que quando realizada de forma manual. 

Dicas extras 

Quer mais dicas? Confira o conteúdo especial do Programa Avançar que apresenta, de uma maneira didática e com exemplos práticos, como você pode reduzir os gastos do seu pequeno negócio, explicando, inclusive a diferença entre custos e despesas. Acesse agora mesmo.

Finalmente, vale um ponto de atenção muito importante: a redução das despesas deve ser feita com muito critério. Abrir mão de um seguro, por exemplo, pode levar a prejuízos muito maiores do que o custo e manter o pagamento regular da apólice. Baixar a qualidade dos insumos utilizados também pode comprometer o padrão de seus produtos e levar a perda de clientes. Cuidado para não cair no erro de cortar custos em elementos essenciais para o seu negócio.

Faça o seu cadastro gratuito no Programa Avançar tenha acesso a conteúdos exclusivos, oportunidades de negócio, parcerias e eventos para alavancar o seu negócio!

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.