Busca
Agronegócio Gestão de Negócios

Como comprovar renda sendo MEI? Entenda o melhor jeito

mulher em dúvida

Para quem deseja conseguir um empréstimo bancário, por exemplo, comprovar renda é um processo necessário.  

No caso das pessoas que atuam com carteira assinada, a solução para isso costuma ser bem óbvia: basta apresentar os holerites dos três últimos meses de trabalho e, na maioria das vezes, já é possível descobrir o resultado da sua solicitação.  

Como esta opção não se aplica ao Microempreendedor Individual (MEI), o processo pode causar muitas dúvidas. Se você não sabe qual caminho seguir para comprovar sua renda mensal, continue acompanhando este artigo. Boa leitura!  

Quando é necessário comprovar renda?  

A comprovação de renda serve para mostrar a uma empresa ou instituição financeira que você tem condições de cumprir com um determinado pagamento. Este documento é obrigatório nos seguintes casos: 

  • Financiamento imobiliário ou de automóvel; 

  • Aluguel de imóvel; 

  • Empréstimos pessoais; 

  • Contratação de consórcio; 

  • Liberação de cartão de crédito; 

  • Aumento do limite do cartão de crédito. 

De fato, não são poucas as situações em que é necessário comprovar renda. Isso porque, ao analisar sua situação financeira, é possível calcular o risco de inadimplência envolvido, além de estabelecer qual valor será liberado para o seu caso e quais serão as condições definidas para aprovação.  

É importante ressaltar que, na maioria dos casos, as instituições financeiras não aprovam solicitações de crédito em que as parcelas ultrapassem 30% do seu orçamento mensal.  

Vamos supor que você queira financiar o valor de R$ 200 mil para quitar um imóvel, mas possui renda mensal de R$ 3 mil. Nesse caso, a aprovação provavelmente não ocorreria, já que as parcelas comprometeriam uma grande parte da sua receita e o risco de inadimplência seria grande.  

Como o MEI pode comprovar renda?  

Na lista abaixo, recomendamos 5 maneiras eficientes para que o MEI comprove sua receita mensal. A melhor delas dependerá da sua realidade e preferência. 

1 – Extrato bancário 

O MEI pode comprovar renda a partir de suas movimentações bancárias. A exigência costuma ser um extrato completo dos últimos três meses, seja da conta corrente, salário ou até mesmo poupança.  

No entanto, se o objetivo for conseguir crédito para a sua empresa, é importante que o extrato seja da sua conta pessoa jurídica.   

Embora seja possível conseguir o extrato diretamente no caixa eletrônico, um documento com a assinatura do gerente oferece maior credibilidade para a aprovação de solicitações.  

2 – Contratos de prestação de serviços 

Existem instituições que aceitam contratos como comprovação de renda. Para que eles sejam aceitos, é necessário que tenham firma reconhecida e comprovação de que quem fez a assinatura pode cumpri-lo. 

Em muitos casos, além dos contratos, é possível que outros documentos sejam solicitados. 

3 – Declaração do Imposto de Renda 

O Imposto de Renda é um documento que reúne os rendimentos anuais de uma pessoa física ou jurídica junto à Receita Federal. Por isso, esta é outra forma que o MEI pode utilizar para comprovação de renda.  

No entanto, como a declaração reúne apenas os dados do último ano finalizado, é comum que também sejam solicitados documentos adicionais de períodos mais recentes.  

4 – Recibo de Pagamento Autônomo (RPA) 

O Recibo de Pagamento Autônomo tem a função de formalizar a prestação de serviços esporádicos de pessoas físicas para outras pessoas físicas ou jurídicas.  

Este documento detalha tanto o valor acordado para a atividade realizada quanto os impostos a serem recolhidos. Sendo assim, o RPA também pode ser usado para que o MEI comprove sua renda.  

5 – DECORE 

DECORE é a sigla para Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos. Trata-se do documento oficial de comprovação de renda para empresas e profissionais autônomos, que tem como principal função declarar as receitas relacionadas ao sistema pró-labore. 

Ao contrário das outras opções desta lista, o DECORE só pode ser emitido por um contador. 

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeos, podcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação Financeira, Curso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander

Simples, digital e precisa de apenas 2 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

>> Abra a sua conta MEI << 

Post ID: | Current Page ID: 5760

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.