Busca
Agronegócio Gestão de Negócios

Autogestão: O que é e por que ela é importante para o MEI

mulher no computador fazendo autogestão

Se você se identifica com um modelo de atuação que proporciona mais autonomia e liberdade, a autogestão pode ser a escolha ideal para a sua empresa.  

Esta filosofia se encaixa especialmente em organizações mais flexíveis e inovadoras, que acompanham as mudanças relacionadas às preferências e necessidades dos profissionais do mercado atual.  

Baseando-se na cultura da confiança, a autogestão se tornou popular por proporcionar diversos benefícios em relação aos resultados de um negócio. Para entender as principais informações sobre este modelo, basta continuar acompanhando este artigo. Boa leitura!  

O que é autogestão?  

A autogestão é um modelo de gerenciamento de equipes que garante uma atuação mais independente para cada colaborador. Dessa forma, ele mesmo é responsável por tomar decisões como gerenciar seu tempo e definir as prioridades de suas tarefas, sem precisar pedir autorização para o seu chefe.  

Com a autogestão em prática, os processos fluem de forma mais rápida e menos burocrática, acelerando os resultados do negócio. A valorização do modelo vai de encontro à modernização do mercado, já que estruturas hierárquicas muito rígidas passaram a ser consideradas ultrapassadas.  

É importante ressaltar que, mesmo garantindo mais autonomia, o modelo não elimina a necessidade de regras que determinem o funcionamento da empresa. Isto é, os profissionais sabem exatamente até onde vão seus direitos e devem agir de acordo com aquilo que é estabelecido por cada organização.  

Quais são as vantagens da autogestão?  

A autogestão proporciona diversos benefícios que impulsionam o crescimento de um negócio. Confira quais são eles: 

  • Ambiente de trabalho criativo e inovador; 

  • Desenvolvimento individual e coletivo dos profissionais; 

  • Eficiência e transparência nas comunicações; 

  • Democratização do fluxo de trabalho; 

  • Mais engajamento e motivação; 

  • Agilidade para a tomada de decisões; 

  • Confiança mútua entre liderança e colaboradores; 

  • Tempo para que os líderes foquem nas metas mais relevantes. 

Por que a autogestão é importante para o MEI?  

Como explicamos anteriormente, a autogestão pode ser aplicada e trazer bons resultados em empresas de todos os portes.  

No caso do Microempreendedor Individual (MEI), no entanto, este modelo de atuação deixa de ser uma escolha e passa a ser necessidade. Afinal, como a legislação permite a contratação de apenas 1 funcionário para a modalidade, é muito comum que este profissional desempenhe diversas atividades relacionadas ao seu negócio, desde sua função principal até finanças e contabilidade.  

Para evitar desorganização e não prejudicar o crescimento do negócio, portanto, é fundamental que o MEI pratique a autogestão.  

5 dicas para colocar a autogestão em prática  

Se você deseja adotar o modelo de autogestão na sua equipe ou rotina de tarefas, é importante ter um bom planejamento. Pensando nisso, leia com atenção as dicas a seguir.  

  1. Invista em treinamentos 

Para que a mudança funcione, é necessário que você e sua equipe entendam muito bem o conceito. Por isso, o primeiro passo é investir na realização de treinamentos e workshops que expliquem o que é a autogestão e como ela pode ser aplicada para otimizar o trabalho de cada colaborador.  

  1. Se necessário, dê autonomia gradualmente  

Se a autogestão for uma grande mudança para a rotina dos colaboradores da empresa, vale a pena iniciar esta transição com tarefas simples. Conforme eles forem se adaptando, será possível evoluir para atividades mais complexas.  

  1. Distribua as tarefas de maneira estratégica 

A priorização das atividades é um dos aspectos mais importantes para o sucesso da autogestão. Sem ela, há grandes chances de que o profissional se perca em suas obrigações. Sendo assim, coloque a organização em primeiro lugar no seu negócio, elencando as entregas por ordem de urgência.  

Lembre-se de que as tarefas devem ser distribuídas de forma justa, alternando entre períodos de trabalho e de descanso e levando em consideração metas alcançáveis.  

  1. Utilize ferramentas de gestão 

A tecnologia é uma ótima aliada para que todos os profissionais da equipe acompanhem o andamento de cada projeto. Atualmente, já existem plataformas gratuitas com a função de otimizar seu fluxo de trabalho, como ClickUp e Miro.  

  1. Marque reuniões periódicas 

A autogestão não significa que deve haver um distanciamento entre os profissionais de uma empresa. Realizar reuniões com toda a equipe é essencial, seja para promover a interação entre os membros e mantê-los engajados ou alinhar os próximos passos de cada tarefa.  

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeos, podcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação Financeira, Curso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Como abrir sua Conta MEI Santander

Simples, digital e precisa de apenas 2 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

>> Abra a sua conta MEI << 

Post ID: | Current Page ID: 1054

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.