Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Tudo o que você precisa saber para atuar como vendedor ambulante

Quem está buscando voltar ao mercado de trabalho ou quer uma renda extra para complementar o salário pode começar a trabalhar como vendedor ambulante!

Também conhecidos como camelôs, os trabalhadores nesse mercado aumentaram durante a pandemia — segundo o IBGE, em 2020, 27.9 milhões de pessoas trabalhavam como vendedores —, mas isso não significa que não exista espaço para novas pessoas interessadas nele.

Se você é uma delas, preparamos esse conteúdo para que você descubra tudo o que precisa saber para começar nessa profissão! Leia agora!

O que é ser um vendedor ambulante?

O vendedor ambulante é um vendedor autônomo. Isso significa que esse é o profissional que não tem ligação com empresas e trabalha por conta própria, escolhendo seu horário de trabalho, cuidando de seus produtos, recebimentos e lucros.

Vendedores ambulantes podem vender seus produtos nas ruas, em lugares fixos ou no lugar onde seu público está.

E o melhor de tudo é que essa é uma profissão legalizada: como você vai descobrir nesse texto, é possível se regularizar — ou seja, ter seu trabalho registrado no governo para evitar problemas com ele.

Quais as vantagens de ser vendedor ambulante?

Trabalhar como vendedor autônomo não é só uma maneira de ter um emprego e uma renda extra: é também um jeito de escolher seus próprios dias e horários de trabalho, onde e como você irá trabalhar.

Além disso, o investimento inicial para começar a vender produtos é baixo, os gastos com aluguel, água, luz e internet de uma loja não existem e, na maioria das vezes, só é preciso pagar uma taxa para a prefeitura.

O que um vendedor ambulante pode vender?

Um vendedor ambulante pode vender diversos produtos e mercadorias.

Algumas delas são:

  • Alimentos, como pipoca, cachorro-quente, lanches, tortas, churrasco, bolos e doces;
  • Artesanato, como itens de decoração, roupas, colares, brincos e acessórios, de produção própria ou não;
  • Utensílios domésticos, como talheres, panos de prato, vassouras e rodos;
  • Eletrônicos, como fones de ouvido e controles de televisão.

É permitido ser vendedor ambulante?

Sim! A profissão de vendedor ambulante — também chamada de vendedor autônomo — é regularizada pela lei.

Para começar a atuar nessa profissão, é preciso se regularizar com a prefeitura.

Como ser um vendedor ambulante regularizado?

Para se tornar um vendedor regularizado, é preciso se registrar na prefeitura. Mas, os processos para fazer isso podem mudar de cidade para cidade.

Na maior parte das cidades, basta ir até a prefeitura, levando RG, CPF e Título de Eleitor, e fazer o registro.

Além disso, as regras de atuação também mudam de um lugar para o outro. Em São Paulo, por exemplo, os vendedores precisam pagar a DAMSP (Documento de Arrecadação do Município), uma taxa que muda de valor de acordo com o local de trabalho; já em Curitiba, é preciso respeitar os horários do comércio e informar qual o tipo de produto que será vendido.

Portanto, para se tornar um vendedor ambulante regularizado, pesquise as regras da sua cidade ou entre em contato com a prefeitura. A única coisa que você não deve fazer é deixar de se registrar como vendedor.

Me regularizei como vendedor ambulante. E agora?

É hora de começar a trabalhar! E nós temos algumas dicas de como fazer isso:

  • Sempre calcule o quanto você gastou comprando ou fazendo seus produtos, quanto você precisa para cobrir esses gastos e ainda conseguir um dinheiro, ou seja, um lucro, para você. Essa é a margem de lucro, um cálculo muito importante para qualquer negócio;
  • Sempre registre quanto você recebe e quanto você gasta por dia. Pode ser em um caderno, no computador ou até mesmo no celular. Essa é uma maneira de manter controle financeiro das suas vendas e garantir que você não tenha prejuízos;
  • Sempre preste um bom atendimento aos clientes! Assim, eles vão lembrar de você e, além de voltar a fazer negócio, te indicar para outras pessoas, aumentando seu número de clientes!

Como abrir sua Conta PJ Santander 

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

• Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

Conheça o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeospodcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação FinanceiraCurso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Post ID: | Current Page ID: 4733

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.