Busca
Agronegócio Internacionalização

Como disseminar a cultura da internacionalização em pequenas empresas?

A globalização atenuou as fronteiras físicas e permitiu que empresas e pessoas, independentemente do porte ou do país de origem, transitassem por diversos mercados. Mas são basta alçar um voo estrangeiro sem priorizar a cultura da internacionalização.

Se você busca informação sobre o assunto, não deixe de ler este artigo até o final! Aqui, você vai entender um pouco mais sobre o contexto de internacionalização e saber por que é necessário planejar sua estratégia de expansão.

Também vamos dar dicas para elaborar e viabilizar o plano de internacionalização do seu negócio, minimizando eventuais erros táticos.

Vamos em frente? Boa leitura!

Por que a cultura da internacionalização é importante?

Há algumas décadas, a globalização permitiu a integração de mercados e expandiu as oportunidades para as empresas, independentemente do porte ou do ramo de atuação. Entretanto, o movimento também intensificou a competitividade e exigiu que as organizações pensassem em estratégias de diferenciação.

Ao mesmo tempo que proporciona maior abrangência de entrega (e, com isso, mais possibilidade de lucro), a expansão de mercado também pressupõe um esforço estratégico para obter destaque e construir atributos valorizados pelo consumidor.

A cultura da internacionalização desponta como uma resposta à altura desse desafio. O termo sintetiza uma postura consciente diante das demandas do processo de adentrar o mercado externo.

Não seria errado dizer, inclusive, que a cultura da internacionalização é uma das bases para o sucesso da operação estrangeira. Só é possível agregar valor na entrega e eliminar barreiras físicas e culturais se você conhecer o mercado com profundidade. Para isso, é preciso se preparar para corresponder à exigência de um mercado novo e, muitas vezes, desconhecido.

O que é preciso para internacionalizar o seu negócio?

Agora que você já entendeu a importância da cultura da internacionalização, é pertinente aprofundar um pouco mais a discussão. Na prática, esse mindset precisa ser aplicado com clareza.

Se você quer expandir seu negócio no exterior, fique atento a alguns fatores fundamentais para minimizar o risco e potencializar o resultado.

Conheça o cenário

O mercado é um ambiente volátil, complexo e dinâmico. Para evitar prejuízos, é pertinente conhecer o panorama mercadológico, incluindo as tendências de consumo e as particularidades regionais.

Mesmo que a sua operação ainda seja pequena, não deixe de reservar um tempo para estudar o mercado-alvo e entender se seu produto e/ou serviço é adequado às peculiaridades do novo território.

Selecione parceiros estratégicos

É essencial se preocupar com a seleção de um parceiro competente, capaz de unir forças para alcançar um resultado significativo.

A cultura da internacionalização, nesse caso, também deve se aplicar a quem vai enfrentar o desafio junto com você. Com confiança no trabalho e segurança na troca, a relação é mais produtiva.

Elabore um plano eficiente

É preciso compor um plano de ação consistente. O planejamento é a chave de uma operação bem-sucedida, e você jamais deve negligenciar a importância dessa ferramenta.

Nesse material (que deve ser constantemente atualizado), precisam constar, por exemplo:

  • o objetivo da empresa;
  • os recursos disponíveis (incluindo a mão de obra qualificada);
  • a estratégia de abordagem;
  • a roteirização de escoamento;
  • a responsabilidade de cada agente da transação.

Esses fatores estão intimamente ligados à cultura da internacionalização e são determinantes para o êxito da expansão. Certifique-se de estar sempre atento às exigências do mercado que deseja conquistar.

Post ID: | Current Page ID: 5525

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.