Busca
Agronegócio Inovação & Tecnologia

Como criar uma Startup



 

Criar sua Startup significa, certamente, participar de um movimento em constante crescimento ao redor do mundo.

O Brasil, mesmo atravessando um cenário de crise, registra crescimento no setor – dados referentes ao ano de 2016 mostravam um crescimento superior a 18% no número de startups. Detalhe: essa alta foi registrada em apenas seis meses!

Entrar de cabeça nessa proposta requer iniciativa e, é claro, uma boa ideia para empreender.

Certamente, este artigo não vai lhe trazer o segredo de 1 milhão de dólares para ingressar no setor, porém, reunimos 5 dicas para iniciar a sua Startup de forma estruturada.

 

1. Pesquise o mercado onde vai atuar

Está com uma excelente ideia na cabeça? Ótimo! Antes de ir além, é fundamental constatar se o mercado já possui alguma iniciativa semelhante.

Uma grande concorrência ou um playerbastante avançado e dominante no segmento podem ser extremamente ameaçadores para sua nova jornada.

 

2. Atenção com a burocracia

Abrir um novo empreendimento requer uma série de etapas ligadas à burocracia. Permissões, licenças, autorizações, aberturas de empresas, etc.

Nessas horas é muito importante contar com órgãos de incentivo ao empreendedor, consultorias, associações e cooperativas desse segmento que podem facilitar o processo.

 

3. Foco no investimento inicial

É importante ter uma noção real da quantidade de investimento que será necessária para iniciar sua startup. Por mais flexível e versátil que a atividade possa parecer, todo passo em direção ao sucesso necessita da aplicação de dinheiro.

Você já possui a quantia necessária para os primeiros passos? Tem o interesse de conseguir esse valor em programas de crédito a empreendedores? Esse tipo de decisão deve ser tomada nos bastidores da movimentação.

 

4. Atenção para o controle das finanças

Durante a movimentação inicial de um novo negócio no mundo das startups, nem sempre haverá tempo disponível para todas as obrigações financeiras do projeto.

Prazos, pagamentos, salários de colaboradores, impostos, etc. Esse tipo de encargos costuma fazer com que o empreendedor busque o auxílio de um profissional da área de contabilidade e finanças.

 

Razões para investir na contabilidade em sua pequena empresa

 

5. Acredite em seu sonho, sempre!

Toda nova empreitada no mundo dos negócios é repleta de desafios. Os primeiros momentos em um novo negócio podem ser de pressão e, às vezes, podem gerar desânimo e frustração.

Busque motivação diária e, sempre, acreditar no seu sonho profissional. Boa sorte!

 

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.