Como o crédito para capital de giro pode ajudar sua pequena empresa

Esta modalidade de empréstimo serve para reorganizar o fluxo de caixa e manter o negócio operando

Publicado em 28/10/2020

Foto: Envato Elements

As contas do dia a dia do seu pequeno negócio estão começando a apertar? Sinal de que você está precisando de um reforço no seu capital de giro. A boa notícia é que existem linhas de crédito específicas para esta necessidade. Elas podem ajudar seu pequeno negócio a ganhar o fôlego necessário para superar um momento de desorganização do fluxo de caixa. Confira perguntas e respostas para saber mais sobre o crédito para capital de giro.

Afinal, o que é capital de giro?
Oxigênio de qualquer negócio, o capital de giro é o volume de dinheiro necessário para um empreendimento funcionar. Quem tem uma pizzaria, por exemplo, precisa ter regularmente o valor necessário para adquirir farinha de trigo, queijos, molho de tomate, bebidas e todos os outros itens para o cardápio, sem falar nos recursos para o pagamento dos funcionários, água, luz, aluguel etc. A ideia é, claro, que o pagamento das vendas da pizza sirva como capital de giro, porém é preciso lembrar que parte do recebimento ocorre a prazo (vendas feitas aceitando cartão de crédito, por exemplo) e flutuações no volume de vendas podem gerar desequilíbrios entre a entrada e a saída de dinheiro em caixa. 

É muito importante, para a saúde financeira de sua pequena empresa, saber como calcular o capital de giro do seu negócio e monitorá-lo constantemente, para não haver surpresas. 

Para que serve o crédito de capital de giro?
Ele serve exatamente para atender as obrigações do dia a dia de uma empresa. Este tipo de empréstimo ajuda a reorganizar o fluxo de caixa e a evitar que faltem recursos para a manutenção do negócio.  

Como saber que estou precisando de um empréstimo de capital de giro?
Isso fica claro quando falta dinheiro para arcar com as despesas previstas para o negócio. No entanto, quem tem um bom controle de fluxo de caixa pode antecipar esta necessidade e tomar decisões mais acertadas e menos precipitadas. Se você tem dúvidas ou quer aprimorar a forma como administra seu fluxo de caixa, confira nosso curso online exclusivo, com tudo o que é preciso saber para fazer uma boa gestão financeira de uma pequena empresa.

Que cuidado tomar antes de se pedir um empréstimo de capital de giro?
Antes de pedir este tipo de empréstimo, é preciso identificar o que está causando esta falta de dinheiro momentânea. Esta é uma linha de crédito que serve para corrigir um problema pontual de caixa, ou seja, há a previsão segura de novas entradas no futuro que servirão para equilibrar a entrada e saída de recursos e ainda cobrir as parcelas do empréstimo.  

Quais as vantagens de um crédito de capital de giro?

  • É uma modalidade bastante versátil. Há diferentes formas de contratação, com pagamentos que podem ser mensais, bimestrais ou até mesmo prevendo a quitação apenas no final do contrato;
  • Tem opções de contratação de curto prazo, como, por exemplo, 12 meses;
  • Não é preciso justificar a finalidade do empréstimo;
  • A contratação é menos burocrática do que outras linhas de crédito para empresas;
  • A liberação do valor contratado é bastante rápida;
  • É possível usar como garantias: cessão de recebíveis (cheques, duplicatas, cartões e contratos) ou de aplicações financeiras, (propriedade fiduciária, hipoteca), capitalização, entre outras.

Quais as desvantagens de um empréstimo para capital de giro?

  • Em geral, as taxas de juros dessa modalidade são mais elevadas do que as de outras linhas de crédito para empresas. Isso porque como não há destino certo para o recurso, como a aquisição de um bem, o risco é maior para a instituição credora.
  • Seu relacionamento com o banco pode ser comprometido no caso de pagamento atrasado de parcelas.

Quer saber mais sobre como crédito para pequenos negócios? Ouça o podcast Avançar sobre crédito consciente e descubra as melhores linhas de financiamento para sua empresa continuar avançando.