Busca
Agronegócio Inovação & Tecnologia

Robôs vão roubar empregos ?



 

Já faz algum tempo que essa questão tem sido colocada em pauta. Será que os avanços da robótica serão responsáveis pelo encerramento sumário de diversos postos de trabalho?

As respostas de estudos recentes, cada vez mais, mostram que a transição não será assim tão catastrófica, muito embora seja fato que o tema da empregabilidade será, sim, colocado em discussão.

 

Estudo mostra que robôs não vão acabar com emprego

Em uma pesquisa chamada, em tradução livre, Alarme Falso: Disruptura tecnológica e o mercado de trabalho dos EUA entre 1850-2015, os autores Robert Atkinson e John Wu, discorreram sobre o tema.

Divulgado pela Information Technology & Innovation Foundation, de Washington DC, o estudo aponta, historicamente, uma série de mitos relacionados às vagas de emprego, quando o assunto são as mudanças tecnológicas.

De acordo com esses estudiosos, no decorrer dos anos, muitas mudanças do passado excluíram categorias profissionais inteiras. No entanto, essas mudanças não foram responsáveis por uma gigantesca sociedade sem empregos.

 

Carreiras que desapareceram com tecnologia

Na história da evolução tecnológica norte-americana, existem alguns exemplos de funções profissionais que desapareceram inteiramente com a chegada de novidades no setor. O levantamento destaca dois casos.

O primeiro é o dos ascensoristas. Em 1950, havia 114 mil profissionais dessa categoria nos EUA. Após a Segunda Guerra Mundial, a popularização dos painéis de elevadores que “distribuem” automaticamente os passageiros, a classe profissional reduziu drasticamente. Nos anos 1990 ela possuía “praticamente zero” trabalhadores.

Outro exemplo é o de profissionais responsáveis pela projeção de filmes nos cinemas. Nos anos 1940, eles eram 31 mil. Com a popularização da TV e as novas tecnologias nas salas, em 2015 essa categoria não chega a 5 mil trabalhadores nos EUA.

 

O que é e como funciona a economia do futuro? Você deve participar dela?

 

Um futuro de amadurecimento

Em linhas gerais, o estudo conclui que a mudança tecnológica e o advento da robótica, certamente, vai gerar ganhos e perdas de empregos. Será disruptiva, com certeza. Porém, com o passar dos anos, não será destrutiva.

A tendência histórica é a de que haverá um ajuste da empregabilidade, criando novos mercados e demandas e, assim, novas vagas de trabalho.

 

Post ID: | Current Page ID: 5481

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.