Busca
Agronegócio Gestão Financeira

O que é conta PJ e por que você deve ter uma

A conta para Pessoa Jurídica – ou conta PJ – é a modalidade de conta bancária específica para empresas. Com ela, negócios de diversos portes, inclusive os que estão começando no mercado, têm acesso a um controle financeiro mais organizado, separado das despesas da Pessoa Física.

Os benefícios são muitos. A abertura de conta PJ é um passo fundamental para que a empresa passe a ser reconhecida no sistema financeiro. Afinal, as transações realizadas até mesmo por quem tem o cadastro como microempreendedor individual – o MEI – exigem como base o CNPJ, o que torna a conta PJ um item essencial para a regularização das atividades.

Por que ter uma conta PJ?

E por que é importante ser reconhecido no sistema financeiro? Com uma conta bancária vinculada ao CNPJ, é possível ter acesso a um dos pilares fundamentais para o empreendedorismo: o crédito. As ofertas disponíveis para quem tem uma conta PJ são diferentes daquelas que as pessoas físicas têm acesso. Além disso, caso o empreendedor tenha apenas uma conta vinculada ao seu CPF, o acesso ao crédito se torna mais difícil por conta das avaliações de risco – que, para profissionais autônomos, são bastante rígidas.

Ter acesso a ofertas de crédito e outras diversas possibilidades oferecidas pelo sistema financeiro é um passo fundamental para garantir a saúde financeira da empresa. Financiamentos, pagamentos, seguros, consórcios e investimentos são algumas das opções disponíveis com a bancarização.

Como escolher o banco

No Brasil, ainda temos uma parcela alta de desbancarizados na população. A estimativa mais recente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que a quantidade de brasileiros sem conta em banco chega a 60 milhões de pessoas. Em muitos desses casos, estão profissionais autônomos que, como mencionamos anteriormente, perdem uma série de oportunidades para desenvolver suas atividades econômicas por estarem fora do sistema bancário.

A primeira dúvida que surge no processo de bancarização é: como escolher o banco? São muitas opções disponíveis no mercado, então é comum ter essa incerteza. Alguns pontos principais para levar em consideração nessa escolha são:

  • Verificar quais são as taxas cobradas pela instituição;
  • Analisar o modelo de atendimento oferecido para a conta - com gerente humano ou através de canais digitais, como chatbots;
  • Checar o serviço de ofertas não financeiras que possam ajudar no desenvolvimento do negócio.

Bancos tradicionais X bancos digitais

O mercado oferece hoje uma série de possibilidades, divididas entre os bancos tradicionais e novos players no mercado, os chamados bancos digitais. Muitas fintechs, que começaram a atuar com o mercado de pessoa física, já apresentam ofertas para pessoas jurídicas.

A diferença entre os dois modelos está relacionada à oferta. Nos bancos tradicionais, a empresa pode ter acesso a uma experiência completa de um banco, com todos os serviços que são oferecidos pela instituição financeira: crédito, financiamentos, seguros, consórcios e investimentos, além do atendimento com um gerente, que atua com um papel consultivo para os clientes – uma orientação valiosa para quem está começando um negócio. Nos bancos digitais, que trazem opções de contas gratuitas, o foco são as transações e o atendimento online, menos personalizado.

Saiba mais sobre a conta Santander empresas 

No Santander, a abertura da conta PJ é digital, com serviços e atendimento de uma conta tradicional. O pacote de benefícios inclui: 

  • 3 meses de Pacote de Serviços e Ted/DOC Grátis; 
  • 5 dias sem juros no limite da conta; 
  • boleto a R$ 1,99; 
  • acesso às máquinas da Getnet. 

Existem duas opções: para empresas com um único sócio e empresas com dois sócios ou mais. Nos dois casos, os clientes contam, mesmo com a abertura digital da conta, com atendimento humano em diversos canais: agência, telefone e e-mail. Os gerentes são certificados e estão prontos para oferecer atendimento especializado, de acordo com as necessidades do seu negócio.  

Como abrir sua Conta PJ Santander 

Simples, digital e precisa de apenas 3 documentos: 

• Documento de identidade (RG ou CNH) 

• Número de CPF 

• Certificado de MEI 

>> Abra a sua conta MEI << 

Como deu para conferir, são várias as possibilidades de empréstimos para o MEI. Essa é uma ótima oportunidade para impulsionar e crescer com seu negócio, expandir suas operações e produtos.  

Entender qual a realidade do seu negócio é importante quando se pensa em solicitar um empréstimo. Além de ser possível se planejar para investir em novos produtos e serviços, abre caminho para que o empreendedor possa entender quais as oportunidades, atender mais clientes e fechar negócios cada vez melhores. 

Fique por dentro de tudo sobre empreendedorismo

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. Além de vídeospodcasts e ebooks atualizados com as novidades do mercado, o Avançar oferece uma série de cursos com foco no empreendedor, entre eles: Curso de Educação FinanceiraCurso de Crédito e Curso para MEI.  

Comece agora mesmo seu curso gratuitamente e ganhe um certificado digital. Cadastre-se!

Post ID: | Current Page ID: 5074

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.