Busca
Agronegócio Empreendedorismo

ESG: descubra como adotar práticas para seu negócio

Provavelmente você já se deparou com a sigla ESG (Environmental, Social and Governance) por aí. Cada vez mais ela aparece associada a notícias de grandes empresas, e virou a principal preocupação de investidores no momento de definir em qual empresa apostar suas fichas. Pois, saiba que os conceitos ESG não valem apenas para médias empresas e grandes corporações: são aplicáveis, também, às micro e pequenas empresas.

Descubra como e porque:

O que significa a sigla ESG?

ESG é a sigla em inglês para Environmental, Social and Governance. Em português, significa as práticas ambientais, sociais e de governança adotadas pela empresa. Ou seja, indica as ações adotadas para uma atuação de baixo impacto para o meio ambiente (ambiental); o comprometimento da empresa com o cuidado com seus colaboradores, fornecedores e comunidade de sua área de influência (social); e, por fim, quais os instrumentos possui para uma gestão ética, eficiente e efetiva dos recursos financeiros, materiais e humanos utilizados em sua atividade empresarial (governança).

Por que a adoção de práticas ESG é importante para os negócios?

Empresas que observam os aspectos ESG expõem seus negócios a riscos menores e, por isso, têm maior probabilidade de sobreviver no longo prazo. Uma companhia que se descuida do impacto ambiental, por exemplo, pode ter diversos problemas relacionados a escassez de uma matéria-prima que use em seu processo; multas ambientais altíssimas em caso de ocorrências; e até mesmo problemas de imagem e rejeição pelos seus consumidores.

ESG é só para grandes empresas?

Não. Negócios de todos os portes devem estar atentos aos aspectos ESG. Os micro e pequenos empreendimentos devem, também, identificar como podem agir de forma alinhada aos cuidados ambientais, sociais e de governança.

O que um pequeno empreendedor pode fazer com relação aos cuidados ambientais de seu negócio?

Basta ter em mente que todo negócio, por menor que seja, impacta o meio ambiente ao utilizar recursos naturais como energia, água e outros insumos. Como exemplos de iniciativas ambientais estão adotar práticas para evitar o desperdício; promover a redução do consumo; e, ainda, buscar fontes de energia renovável (como solar). São práticas que já rendem benefícios, como a redução de custos com estes insumos.

E o que fazer no aspecto social?

São várias as ações de baixo custo que você pode adotar em seu negócio. Por exemplo, promover a diversidade (de gênero e de raça, por exemplo) e a inclusão (contratando pessoas com deficiência) na sua empresa. Oferecer garantias trabalhistas e um ambiente seguro para quem trabalha com você também é uma ação de responsabilidade social. E, pela sua comunidade, você pode dar preferência por fornecedores locais, verificando se eles também adotam práticas responsáveis (como o não uso de trabalho infantil, por exemplo), contribuindo com o desenvolvimento econômico da sua região.

Como implementar a governança em um pequeno negócio?

Uma maneira prática e simples de incluir a governança em seu negócio é a criação de um código de conduta. Ele é o documento que apresenta tudo aquilo que se espera de seus funcionários e aquilo que não é admitido, como assédio moral, sexual e corrupção, por exemplo. 

Procurando maneiras de deixar seu negócio cada vez mais sustentável? Confira o curso Gestão Responsável do Seu Negócio do Programa Avançar e acesse dicas valiosas de como adotar práticas sustentáveis no seu pequeno negócio.

Post ID: | Current Page ID: 5876

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.