Como fazer uma entrevista de emprego sem cometer erros

Situação é desafiadora não só para o candidato, mas também para o entrevistador

Publicado em 06/11/2019

Foto: Envato Elements

Empresas costumam possuir uma área de Recursos Humanos estruturada, pois os processos de recrutamento demandam tempo e dedicação. Afinal, os candidatos selecionados serão os futuros profissionais a construírem e desenvolverem a organização.

O processo de seleção é composto por diversas fases. Mas a parte final, geralmente, é uma entrevista do potencial escolhido com seu possível gestor direto. Caso contrário, o líder não teria contato com a pessoa que poderá compor sua equipe e isso seria arriscado para o time.

Uma entrevista não é desafiadora apenas para o entrevistado, como também para o entrevistador, que deve estar preparado para identificar se o candidato está sendo sincero ou não. Para isso, siga as dicas de como fazer uma entrevista de emprego sem cometer erros prejudiciais para a contratação.

Escolha data e local apropriados

Procure entrevistar seu candidato em uma sala de reuniões. Ou então, em um local neutro, como um café. Marque a entrevista para o horário comercial, para que seu candidato não tenha que se deslocar fora do horário de trabalho. Verifique a possibilidade de comparecimento: em alguns casos, a entrevista pode ser realizada via Skype.

Elabore bem as perguntas

Pense, antes da entrevista, o que exatamente você quer descobrir do seu candidato: suas habilidades profissionais, sua formação, como ele se distrai nas horas livres. Identifique o que é necessário descobrir para analisar se ele se encaixa ou não em sua equipe e nas funções designadas. Perguntas mal elaboradas podem distorcer e prejudicar a comunicação entre as duas pessoas presentes, assim como perguntas muito curtas podem gerar respostas muito simples como “sim e não”.

Saiba compreender as respostas

Quem não sabe como perguntar, ouve a resposta que não estava esperando. Por isso, é necessário elaborar perguntas que não estimulem respostas muito confusas. O simples às vezes basta. Além disso, prepare-se previamente para entender como o candidato está se portando na reunião: se está tímido, nervoso ou até mesmo se está mentindo. Ao ficar atento, você compreende melhor as respostas e o que a pessoa está realmente querendo dizer. Não interrogue, investigue.

Fique atento à duração

Nem muito longa e nem muito curta. A duração de uma entrevista deve ser moderada, de forma que o entrevistador consiga explorar o perfil do candidato da maneira correta. Não existe tempo ideal de duração, mas uma entrevista rápida pode gerar desconfiança no entrevistado, assim como uma comprida pode gerar desgaste.

Ignore seu viés inconsciente

Viés inconsciente são os pré-julgamentos que fazemos antes mesmo de conhecer a fundo uma pessoa. É muito comum durante entrevistas de emprego que escolhamos aqueles que tenham características e gostos mais parecidos com os nossos. Por isso, é necessário atenção! Se autoanalise antes de tomar uma decisão: você está contratando o candidato porque ele é capacitado ou porque se encaixa nos padrões que você considera adequados? Identifique seus próprios preconceitos, elimine-os do seu parecer e mantenha sempre sua mente aberta na hora de conversar com novos concorrentes.


Leia também: Como utilizar a tecnologia para melhorar a comunicação com seus funcionários