O que são marketplaces e como eles podem te ajudar a vender mais

Marketplaces reúnem, em um só site, uma variedade de lojas, vendedores e marcas

vender-mais-marketplaceFoto: Shutterstock

Você conhece o termo marketplace? A palavra é uma junção dos termos ingleses market, que significa "mercado" e place, que significa "lugar”, e abrange tanto os mercados de físicos, como também o mercado virtual. Este último é uma tendência para aumento de vendas.

Marketplaces são uma ótima opção para pequenos e médios empreendedores que querem divulgar seus produtos e serviços na internet, mas não podem investir em um próprio e-commerce por enquanto. O modelo de negócio de comércio eletrônico funciona de maneira similar a um shopping center: reúne, em um só site, uma variedade de lojas, vendedores e marcas.

Uma marca que decide divulgar seus produtos em um marketplace ganha, além da visibilidade, a possibilidade de atrair novos clientes. Como o modelo permita que o consumidor encontre o que precisa mais rápido e, ainda, oferece diversas formas de pagamento, tende a ser muito procurado entre os consumidores que preferem comprar online.

No entanto, é preciso saber se destacar em meio aos milhares de concorrentes para que o sucesso seja garantido. O Mercado Livre, por exemplo, é a fonte de renda de mais de 100 mil pessoas no Brasil. Como ser notado dentre todos eles?

Segundo Frederico Flores, especialista em comércio eletrônico e CEO da Becommerce – plataforma para gestão de vendas em marketplaces?–, ferramentas que otimizam os processos e dobram as vendas são as melhores alternativas. 'Entregar no prazo e fazer anúncios atrativos também devem fazer parte das preocupações dos lojistas que vendem no marketplace ', explica.

Para que o pequeno e médio empreendedor consiga se destacar e vender mais em marketplaces, o especialista aposta em quatro dicas fundamentais. ?

1. TÍTULO
A primeira coisa em que o consumidor se atenta em um marketplace é o título do anúncio de determinado produto. Para chamar a atenção, o título deve conter cerca de 70 caracteres e ser o mais atraente possível – é fundamental utilizar as palavras-chave mais buscadas, para facilitar que o cliente encontre o que estava esperando em sua loja.

2. FOTOS
Fotos chamativas também facilitam que o consumidor opte por comprar o produto em sua loja. O ideal é fazer fotos com alta definição e que mostrem o que realmente é o produto – imagens com aspecto amador não passam boa impressão aos clientes.

3. FRETE E PAGAMENTO
Um dos principais motivos para um cliente abandonar o carrinho de compra é o alto valor de envio. Por isso, o empreendedor deve se organizar financeiramente de maneira que possa oferecer diversas formas de pagamentos e opções de frente – especialmente gratuitos ou com condições especiais.

4. ATENDIMENTO
Para fidelizar um cliente, a empresa deve se preocupar em oferecer um bom atendimento também após a compra. O empreendedor deve se preocupar em dar toda atenção possível tanto na pré como na pós-compra, respondendo a e-mails e questionamentos, sendo claro nas respostas e se propondo a oferecer o melhor serviço para o consumidor.