Busca
Agronegócio Gestão Financeira

Fundos Imobiliários: o que são e como investir

investimento em fundos imobiliários

Você já deve ter escutado falar em fundos imobiliários, não é mesmo? Pois bem, investir em imóveis é algo que tem sido muito discutido no mercado financeiro nos últimos tempos e os chamados FII podem ser uma boa opção.

Mas afinal, como funciona? Sabemos que o processo de compra de um imóvel geralmente é algo bem burocrático e de alto custo. Por isso, as aplicações em fundos imobiliários podem corresponder a uma saída para quem quer investir nesse mercado de uma forma mais fácil e prática. Confira com a gente e saiba mais!

O que são Fundos Imobiliários?

Os Fundos Imobiliários, também conhecidos como FII, são fundos de investimento que correspondem à aplicação em empreendimentos imobiliários.

Para contextualizar, os fundos de investimentos são recursos de um conjunto de investidores, que permitem investir numa cesta de ativos diversificando sua carteira.

Os FII podem incluir:

  • aquisição de direitos reais sobre bens imóveis;
  • investimento em títulos relacionados ao mercado imobiliário, tais como: letras de crédito imobiliário (LCI), letras hipotecárias (LH), certificados de potencial adicional de construção (CEPAC), certificados de recebíveis imobiliários (CRI) e etc.

Criados pela Lei 8.668/93 e regulamentados pela Instrução CVM nº 472/08, seu funcionamento e oferta pública de cotas dependem de registro na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), autarquia vinculada ao Ministério da Economia do Brasil.

Tipos de Fundos Imobiliários

Como já comentamos acima, os fundos imobiliários podem ser de vários tipos, elencamos aqui alguns dos tipos mais comuns:

  • Fundos de Desenvolvimento Imobiliário: como projetos imobiliários que futuramente podem render lucro a partir da venda ou arrendamento dos imóveis prontos;
  • Fundos de Investimento Imobiliário: como shoppings, lajes corporativas e galpões industriais;
  • Fundos de compra e venda de imóveis: essa estratégia consiste em comprar imóveis quando o mercado está deprimido para vendê-los na alta;
  • Fundos de recebíveis imobiliários: são títulos de renda fixa geralmente utilizados para a captação de recursos para investimento no mercado imobiliário. 

Como investir?

Em primeiro lugar, como todo investimento, é importante ter em mente que os Fundos Imobiliários também apresentam riscos. Afinal, qualquer empresa é sujeita aos riscos de mercado: políticos, econômicos e financeiros.

Por isso, é importante se atentar ao mercado e acompanhar o histórico de determinado ativo em que se pretende investir. Pois nenhum tipo de investimento está isento de variações nas taxas de juros, desvalorização cambial, mudanças legislativas e etc.

É fundamental também ter em mente que os FII incluem riscos em relação ao mercado imobiliário, que podem ser de liquidez, regulamentação, desvalorização ou referente à taxa de ocupação dos imóveis.

Dessa forma, após ter em mente a questão da volatilidade existente nesse tipo de investimento, confira os passos para começar o seu investimento em cotas de fundos imobiliários:

  • abrir e ter uma conta ativa em uma corretora de valores, como a Santander Corretora;
  • transferir seus recursos para a sua conta na corretora;
  • decidir qual Fundo Imobiliário você vai adquirir na plataforma da corretora;
  • finalizar a compra do ativo 😉

Gostou de conhecer um pouco mais sobre Fundos Imobiliários? Se você quer saber ainda mais sobre Investimentos, confira nosso curso online gratuito com certificado sobre o tema.

Saiba mais sobre o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. São cursos online e podcasts atualizados com as novidades do mercado, dentre outras vantagens exclusivas:   

>>   Cadastre-se gratuitamente <<

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.