Busca
Agronegócio Gestão de Pessoas

Trabalho Híbrido: 5 dicas para adotar em seu pequeno negócio

Você está considerando adotar o trabalho híbrido em seu pequeno negócio? Saiba que este modelo está se apresentando como uma grande tendência para micro, pequenas e médias empresas brasileiras. No trabalho híbrido, parte da jornada semanal é feita de forma presencial e parte remota. Essa flexibilidade pretende unir as vantagens do trabalho remoto com os benefícios do contato pessoal regular entre as pessoas da equipe. 

Apesar de parecer algo simples, a implementação do trabalho híbrido pede alguns cuidados. Confira 5 dicas: 

1) Regras bem explicadas

É fundamental que as regras de funcionamento do modelo híbrido sejam bem explicadas para toda a equipe. Por isso, vale a pena investir um tempo pensando nas ocorrências mais comuns e como você pretende lidar com elas quando acontecerem. Por exemplo: quem quiser, poderá trabalhar presencialmente todos os dias? O que acontece com quem não comparece presencialmente no intervalo combinado (por exemplo, duas vezes por semana), mas trabalha de casa?

2) Promova o rodízio entre a equipe

O movimento natural é que as pessoas estabeleçam dias fixos para ir ao trabalho presencial (algumas todas as terças e quintas; outras segundas e quartas, por exemplo). Isso limita as interações e trocas presenciais, fazendo com que elas ocorram sempre com as mesmas pessoas. Além disso, esse tipo de rotina pode fazer com que determinados grupos ou mesmo pessoas da mesma área/setor não se encontrem presencialmente. Uma saída para isso é criar um dia da semana reservado para encontros de grupos/setores específicos. Por exemplo, definir a quarta-feira como “dia de áreas”, quando todas as pessoas de um determinado setor devem estar presentes. É importante, também nesse caso, promover rodízios. Em uma quarta-feira trabalham presencialmente as áreas A e B, na outra C e D, na seguinte A e C e na próxima B e D, por exemplo.

3) Dê preferência a estações de trabalho livres

Adote o conceito de estações de trabalho livres e compartilhadas. Isso permite que as pessoas se organizem como quiserem a cada dia, de acordo com quem esteja no local e com quem precisem trabalhar com maior proximidade. Além disso, faz com que a pessoa não sinta que determinada mesa é “dela”, o que pode gerar conflitos no dia a dia.

4) Atenção para não fazer com que a interação permaneça online

Será algo muito desestimulante para os colaboradores caso eles sintam que se deslocam para o local de trabalho físico e suas conversas e reuniões continuam a acontecer de forma remota (porque estão trabalhando com pessoas da equipe que estão em home office naquele dia). Por isso, promova momentos para ações totalmente presenciais (sem interação por telas) como treinamentos, bate-papos temáticos etc.

5) Fortaleça a comunicação

Este é um ponto muito importante: o time estará dividido, porém, todos devem receber as informações da empresa da mesma maneira. Reforce os canais de comunicação e faça anúncios importantes de forma conjunta (com as pessoas em home office sendo chamadas para se conectarem e ouvirem as informações ao mesmo tempo que as pessoas que estão trabalhando presencialmente, por exemplo). 

Vale reforçar: o trabalho híbrido é uma novidade para colaboradores, gestores e empreendedores. Provavelmente serão necessários muitos ajustes até você encontrar o melhor formato para seu negócio e equipe. Mantenha uma escuta ativa dos seus funcionários e não tenha receio em fazer experimentações, sempre monitorando os resultados e o nível de satisfação de seu time.

Quer mais dicas sobre gestão de pessoas para seu pequeno negócio? Confira os conteúdos desenvolvidos pelo Programa Avançar, do Santander.

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.