Busca
Agronegócio Empreendedorismo

Nicho de mercado: vantagens de definir um

Se você está pensando em abrir um pequeno negócio ou acha que seu empreendimento não está conseguindo se diferenciar no meio da multidão para crescer, uma boa alternativa é pensar em escolher um nicho de mercado para passar a atuar. 

O nicho de mercado funciona como uma ramificação especializada de um segmento maior, atendendo as necessidades de um público específico. Por exemplo, no segmento da moda, roupas para gestantes é um nicho. Uma loja online de produtos veganos está explorando um dos nichos do ramo de alimentação. É possível, ainda, encontrar nichos ainda mais específicos: uma loja com produtos voltados para um único time de futebol é um nicho dentro do nicho futebol do segmento de artigos esportivos.

Confira as vantagens de abrir um negócio de nicho e, também, os cuidados a serem tomados para escolher em qual nicho atuar:

Vantagens de um negócio de nicho

Diferencial

A primeira vantagem de um negócio de nicho é ele se diferenciar no mercado. Ao assumir um posicionamento mais específico, fica mais fácil seu público-alvo encontrar o seu negócio em meio a tantos outros. Pense: o resultado de uma busca no Google com as palavras “marmita congelada” serão muito maiores quando comparados a “marmita vegetariana congelada”.

Atendimento especializado

Atuar em um nicho de mercado significa que todos seus clientes terão “algo em comum”. Isso possibilita compreender melhor o consumidor do seu produto ou serviço e adequar todo seu negócio para ele, gerando proximidade. 

Comunicação mais assertiva e marketing mais eficiente

É mais fácil acertar na comunicação e ações de marketing quando se sabe com que se está falando. Ao focar em um público específico, as mensagens e campanhas podem ser totalmente direcionadas, sem o receio de deixar alguém de fora, como ocorre nos negócios de público abrangente. 

Fidelização

O mercado de nicho costuma proporcionar uma maior fidelização de clientes. Afinal, seu consumidor sabe que terá aquela necessidade específica atendida pelo seu empreendimento. Além disso, pode se tornar defensor e propagador da marca, indicando para amigos e conhecidos da mesma “tribo”.

Pontos de atenção

Ficou animado para abrir um negócio de nicho? Vale ficar de olho em alguns pontos para fazer uma boa escolha:

  • Tamanho do mercado: precisa ser grande o suficiente para ser lucrativo.
  • Espaço para atuação: cuidado para não escolher um nicho “saturado” ou com muitos concorrentes já atuando nele.
  • Capacidade de atendimento: o ideal é conseguir suprir várias necessidades do consumidor. Uma loja especializada em um time de futebol não vende apenas a camisa oficial e outros itens esportivos, mas, também canecas, acessórios, adesivos, cadernos, chaveiros.
  • Preparação, conhecimento e atualização: ter um negócio de nicho significa posicionar-se como um especialista. Seu cliente vai querer tirar dúvidas, ser informado sobre tendências e novidades. Avalie sua capacidade de manter-se atento a estes aspectos ao mesmo tempo que faz a gestão do negócio. 
  • Coerência (este talvez seja o ponto mais importante): escolher um nicho significa que todas as decisões do negócio devem ser pautadas pelos atributos do nicho. Não é coerente atender um público vegetariano e promover um churrasco para sua equipe no final do ano (imagine o efeito do compartilhamento de fotos da festa da empresa nas redes sociais), para citar um exemplo óbvio. Apesar de não se obrigatório, fica mais fácil e prazeroso quando você escolhe um nicho que gosta, se identifica, entende e respeita. 

Sonha em abrir seu próprio negócio? Confira o curso Empreendedorismo do Programa Avançar, um verdadeiro guia que explica tudo o que precisa ser considerado na hora de iniciar um pequeno negócio.

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.