Conheça os 5 produtos brasileiros mais vendidos no EUA

Confira quais são os produtos mais exportados para os EUA e encontre oportunidades.

09-05-2019

produtos brasileiros mais vendidos nos eua

Publicado em: 16/07/2018
Republicado em: 09/05/2019

Uma empresa que deseja começar o processo de internacionalização deve considerar como uma opção os produtos brasileiros mais vendidos nos EUA, país que concentra um grande mercado consumidor e é um importante parceiro comercial do Brasil.

Mas quais são as oportunidades em aberto e como aproveitá-las? Veja agora:

1. Cacau e chocolate

De acordo com um estudo da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex), o setor de cacau e chocolates brasileiros é um dos que mais crescem em participação de mercado.

As preparações alimentícias com cacau e chocolates em bloco ou barra registraram vendas médias de 22,41% por ano entre 2007 e 2012. A Apex projeta que há potencial para ampliar essa presença, sobretudo no mercado premium e com produtos com adição de castanha e fruta.

2. Café

Um dos produtos brasileiros mais vendidos para os Estados Unidos é o café, principalmente nas modalidades 'café cru' e 'demais produtos de café'. Em 2016, os Estados Unidos movimentaram US$ 4,89 bilhões na importação de café cru, de acordo com dados da Apex.

Mais de 22% desse total foi direcionado ao produto nacional, com importações que passaram de US$ 1 bilhão. Quanto aos demais produtos de café, os Estados Unidos importaram US$ 354 milhões, sendo US$ 83,64 milhões em itens brasileiros.

3. Suco

Os Estados Unidos estão entre os principais compradores de suco do mundo — com destaque para o suco de laranja, representando mais de 60% do total consumido de todas as variedades. Na relação comercial com o Brasil, a laranja in natura brasileira já é um destaque de exportação no agronegócio.

Na venda de suco, entretanto, há um grande mercado a alcançar.

Segundo levantamento da Apex, as marcas brasileiras ainda não têm muita presença no país. Elas estão restritas às regiões em que há grande população brasileira, como o Sul dos Estados Unidos.

O principal nicho de mercado está no segmento de 'suco de laranja concentrado', em que o Brasil participa com mais de 60% do total importado pelos Estados Unidos, de acordo com dados de 2016.

4. Vinho, espumante e suco de uva

Em 2017, a exportação de vinho, espumante e suco de uva brasileiros registrou aumento superior a 17% em valor, alcançando um total de US$ 15 milhões em vendas no mercado externo. Dos mais de 50 compradores do produto nacional, os Estados Unidos são o terceiro maior importador.

A perspectiva para o vinho nacional é positiva. Mesmo os segmentos em que o Brasil está ingressando agora demonstram levantamentos setoriais.

Um exemplo é o ramo de 'outros vermutes e vinhos de uvas frescas, aromatizados'. O Brasil começou a exportar esse tipo de produto para os Estados Unidos em 2012. No primeiro ano, já alcançou participação de mercado superior a 34% nas importações dos Estados Unidos.

5. Moda

A exportação de roupas e calçados brasileiros tem alcance mundial. Nas relações comerciais com os Estados Unidos, a presença mais forte está em itens como calçados e couro. Em 2016, o Brasil registrou uma participação de 14% nas importações feitas pelo país norte-americano.

A Apex fez um estudo de oportunidades no setor de moda, destacando que a marca 'made in Brazil' tem grande apelo entre compradores estadunidenses. Uma sugestão trazida no documento é usar redes sociais para fomentar as vendas, sobretudo para divulgar produtos sustentáveis.

Os produtos brasileiros mais vendidos nos EUA são a porta de entrada para quem quer acessar esse mercado e iniciar um processo de internacionalização. Para isso, é necessário cumprir exigências legais relacionadas a documentação, cadastro e habilitação.

É importante, ainda, montar uma estratégia consistente. Ela deve conter:

?   planejamento financeiro;

?   análise profunda de mercado;

?   identificação de risco, custo e oportunidade;

?   plano de ação;

?   formas de diferenciação do produto.

Saber como exportar itens nacionais é fundamental para ser competitivo nesse cenário. Se quiser aumentar sua chance de sucesso, busque apoio profissional. Acesse as iniciativas de internacionalização do Santander e conheça mais!

Tem interesse em fazer negócios com o EUA? Aproveite o curso de inglês gratuito do Programa Avançar, pra você e seus colaboradores, inscrevam-se.

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Brasil sobe 16 posições em ranking de ambiente de negócios

Notícias e Atualidades

Conta bancária no exterior: como funciona e quem pode ter?

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR