Planejamento de férias dos funcionários: 6 passos para realizar com sucesso

Organização é essencial para controlar tanto o operacional quanto o financeiro da sua empresa.

30-04-2019

.

Esperadas ansiosamente pelos funcionários, as férias exigem um planejamento eficiente da companhia. O controle do período aquisitivo e dos dias gozados deve ser feito com atenção, para evitar prejuízo financeiro ou logístico ao empresário.

O impacto causado pela saída temporária de um funcionário depende do número de empregados, de sua função e da política de férias da organização. Por isso, é fundamental contar com uma estratégia bem-pensada para lidar com essas ausências ao longo do ano.

Está na hora de fazer o planejamento de férias da sua empresa? Confira o passo a passo para programar a saída de seus funcionários sem complicação.

1. Estude a legislação trabalhista

As exigências trabalhistas devem ser seguidas à risca para evitar sanções legais. A reforma trabalhista trouxe mudanças importantes para a negociação das férias entre empregado e empregador, que podem entrar em acordo sobre a divisão do período.

2. Defina uma política de férias para o seu negócio

Evitar a insatisfação do funcionário com relação ao planejamento de férias envolve uma política transparente e oportunidades iguais para todos. Assim, estabelecer normas práticas para o agendamento das férias pode prevenir disputas internas e promover o bem-estar coletivo.

3. Avalie a demanda interna da organização

Analisar os períodos de maior demanda de trabalho dentro da empresa é essencial para negociar férias sem prejuízo para a organização. Afinal, as ausências dos funcionários devem ser distribuídas ao longo do ano. Uma programação elaborada com antecedência permite evitar os meses mais movimentados, quando a equipe deve estar completa.

4. Ouça seu funcionário

Antes de promover qualquer mudança significativa na política de férias da organização, é importante entender a necessidade de sua equipe. Esse cuidado demonstra que o colaborador é valorizado, ajudando a reter talentos e promover satisfação entre os funcionários.

5. Calcule as despesas envolvidas no planejamento de férias

O impacto financeiro causado pelas férias envolve os encargos trabalhistas, o capital utilizado para compra de parte do período (quando o empregado desejar) e as despesas de contratação de temporários, se houver. Sem um planejamento de férias bem-elaborado, a ausência de um funcionário pode desequilibrar o plano financeiro da empresa.

6. Estipule um prazo razoável para a solicitação

Permitir a solicitação de férias em um período muito próximos sem uma justificativa plausível (como doença na família ou emergência pessoal) pode trazer consequências graves para a organização. Sem tempo hábil para programar a ausência, a empresa fica sujeita a atrasos e acúmulo de trabalho.

Um bom planejamento de férias evita a sobrecarga dos colaboradores e os atrasos no processo de produção. Quando a ausência de um ou mais trabalhadores se torna um problema para a empresa, é possível fazer a contratação de temporários, evitando remanejar períodos já agendados de férias.

Afinal, além de ser um direito garantido por lei, as férias são necessárias para repor a energia e manter o equilíbrio da saúde mental do empregado. O período de descanso é fundamental para a produtividade do funcionário.

Para suprir a demanda de trabalho mesmo quando alguns de seus colaboradores estão afastados, uma boa alternativa é incluir no planejamento de férias a contratação de um estagiário. O Santander oferece o Programa Universitário-Empresas, que conecta universitários a companhias interessadas. Descubra como participar e incentivar a entrada de jovens talentos no mercado de trabalho!

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Ambiente de trabalho e horários flexíveis são fator de escolha para 83% dos profissionais

Notícias e Atualidades

Afinal, o que é cultura organizacional e por que eu devo me preocupar com isso?

Desenvolvimento

Gestão de Pessoas 1 - Maira Habimorad

Desenvolvimento

Como controlar a ansiedade em momentos ruins?

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR