Índice de Confiança do Empresário

Pesquisa mostra que o Índice de Confiança do Pequeno e Médio Empresário diminuiu -1,46%

13-11-2017

Índice de Confiança do Empresário

O QUE É IC-PMN?

É o índice que mede a confiança dos empresários de pequenos e médios negócios e reflete suas perspectivas em relação ao futuro da economia, do seu setor e do seu próprio negócio. As expectativas desses agentes econômicos podem afetar variáveis-chave para o desenvolvimento do país, tais como investimento e geração de novos postos de trabalho. Por essa razão, conhecê-las é de fundamental importância. Para isso, você conta com o Índice de Confiança do Empresário de Pequenos e Médios Negócios no Brasil (IC-PMN).

Índice de Confiança do Empresário - 1


O ÍNDICE DE CONFIANÇA DO PEQUENO E MÉDIO

EMPRESÁRIO DIMINUIU -1,46% NO QUARTO TRIMESTRE DE

2017 EM RELAÇÃO AO TRIMESTRE ANTERIOR.

A confiança do pequeno e médio empresário desceu -1,46% em relação ao segundo trimestre do ano, totalizando 64,27 pontos.



Índice de Confiança do Empresário - 2
A margem de erro do índice é de 1,4%, para mais ou para menos. O nível de confiança adotado foi de 95%.


Índice de Confiança do Empresário - 3


O IC-PMN registrou queda de 1,46% no quarto trimestre com relação ao trimestre imediatamente anterior, após dois trimestres consecutivos de alta.

Na análise por regiões, foram registradas quedas no Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul. A região Sudeste foi a única a registrar variação positiva.
Na abertura por atividade econômica, os três setores registraram declínio: Serviços (-2,8%), Indústria (-1,5%) e Comércio (-0,7%).

Ao analisar o índice por questão, verificam-se variações negativas para todos os quesitos: Economia (-0,8%), Ramo (-1,9%), Faturamento (-1,8%), Lucro (-1,3%), Empregados (-2,2%) e Investimento (-0,8%).

Avaliamos os resultados na leitura do 4º trimestre como pontuais, ou seja, esperamos que o IC-PMN retome a trajetória de alta na próxima divulgação.
Essa expectativa mais favorável se baseia na melhoria consistente de diversos fundamentos econômicos, com destaque para a inflação contida (bem abaixo da meta de 4,5%), a forte queda das taxas de juros (a taxa de referência, Selic, está em um dos menores patamares da série histórica), a estabilização do mercado de trabalho (a taxa de desemprego começou a recuar, ainda que a um ritmo moderado) e os sinais de reação da demanda doméstica (principalmente devido à expansão do consumo das famílias).


__________________________________________________________________________


Arquivos das edições do IC-PMN disponíveis para download em www.insper.edu.br/ceneg.


__________________________________________________________________________



Elaboração: O Centro de Estudos em Negócios do Insper busca a geração e a difusão de conhecimentos em negócios, por meio de ampla interação entre o ambiente
empresarial e o ambiente acadêmico de pesquisa. Informações e contato: 11 4504 2400/ceneg@insper.edu.br
Acesse: www.insper.edu.br/centro-de-estudos-em-negocios. Parceria: Banco Santander Brasil.

Informações e contatos:

Relações com a Mídia - Insper Érica Lima Souza, Tel. 11 4504 2668 / e-mail: assessoriadeimprensa@insper
Relações com a Imprensa - Santander Vanessa Correia, Tel. 11 3553 7061 / e-mail: vcorreia@santander.com.br

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Conheça os 5 países que mais importam do Brasil

Notícias e Atualidades

Você sabe quais são os produtos mais exportados pelo Brasil?

Desenvolvimento

Dica 1 - Expansão de Negócios

Desenvolvimento

Day1 | Paulo Veras

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR