Mercado de frutas brasileiras tem grande oportunidade na França

Estudo da Apex-Brasil aponta chance de sucesso para quem quer investir nessa área.

23-04-2019

.

O Brasil é um dos líderes do
agronegócio e o terceiro maior produtor de frutas do mundo. Mas apenas 2,5% de todo o volume de frutas produzido é exportado. Isso significa que ainda há bastante espaço para o crescimento das exportações. As pesquisas mostram que as frutas brasileiras têm uma boa chance no mercado internacional. Países como França e Rússia, por exemplo, são mercados em potencial.

Quem deseja investir nesse nicho pode mirar nas exportações para aumentar suas receitas. Entenda por que a exportação das frutas brasileiras pode ser um excelente negócio!

Estudo da Apex indica oportunidade para as frutas brasileiras na França

Um estudo da Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) indicou que a França é um grande mercado em potencial para as frutas brasileiras. Entre os fatores que contribuem para a demanda de frutas importadas no país estão:

  • o crescimento populacional principalmente nas áreas urbanas francesas;

  • a queda na produção nacional de frutas;

  • o relativo bom desempenho da economia;

  • o aumento do gasto das famílias francesas com frutas.

Hoje em dia, a França importa frutas principalmente da Espanha (41,64%), do Peru (12,30%) e de Israel (7,23%), enquanto o Brasil aparece em sexto lugar com 4,1%. Porém, nosso país já é o grande destaque na venda de limão-taiti e mamão.

O estudo mostrou ainda que a manga Kent e o abacate Hass são frutas com excelente demanda na França, e podem ser exploradas pelo produtor brasileiro.

Por que a França e a União Europeia podem ser bons parceiros

A União Europeia já é a maior compradora, respondendo por 70% das exportações de frutas brasileiras. Vendidas no exterior, elas são vistas como exóticas e têm preço elevado em relação ao mercado interno.

Na pesquisa da Apex, por exemplo, o abacate foi encontrado em supermercados franceses com preços entre US$ 0,98 e US$ 1,34 por unidade. O limão-taiti teve preço médio de US$ 6,58 por kg e a manga apresentou valor entre US$ 1,79 e US$ 3,64 por unidade. Ou seja, a venda para o exterior pode se mostrar lucrativa.

Uma outra oportunidade na Europa é o crescimento do consumo de produtos orgânicos. A expectativa é que o mercado francês de bebidas e alimentos orgânicos — o terceiro maior do mundo — ultrapasse os US$ 3 bilhões em 2019. Portanto, quem investir nesse tipo de produção também pode contar com boa demanda no velho continente.

Outras boas oportunidades para as frutas brasileiras no exterior

Não apenas no mercado europeu, mas também em outras partes do mundo, o produtor brasileiro tem uma boa oportunidade. De fato, a exportação de frutas vem crescendo continuamente. A Abrafrutas (Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas) espera que em 2019 seja atingida a marca histórica de US$ 1 bilhão.

A Apex também detectou uma boa oportunidade na Rússia, país que importa 70% das frutas consumidas. A agência indica que a uva e o limão são promissores para o mercado russo, e até mesmo a fruta congelada tem espaço no país.

Ainda de acordo com a Abrafrutas, o Brasil já fez um avanço e conquistou em 2018 a abertura do mercado da África do Sul e da Coreia do Sul para as nossas frutas. Agora, o produtor mira em outros países asiáticos, principalmente a China, para continuar elevando a exportação de frutas brasileiras.

Ao contrário do que acontece com outras culturas, como soja ou café, em que o Brasil é um exportador consolidado, o mercado de frutas ainda tem muito o que crescer. A exportação de frutas brasileiras pode ser um excelente negócio!

Você está pensando em expandir a sua empresa internacionalmente e precisa de ajuda? Conte com o Internacional Desk, uma rede de apoio coordenada entre as diversas unidades do Grupo Santander no mundo.

A rede tem profissionais disponíveis para prestar toda a ajuda necessária no processo de internalização de sua empresa. Conheça agora mesmo!

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Conheça os 5 países que mais importam do Brasil

Notícias e Atualidades

4 erros de networking internacional que todo empreendedor deve evitar

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR