Quais são os cuidados na hora de escolher um banco de imagens?

Ferramenta é essencial para desenvolver peças gráficas da empresa.

08-04-2019

.

Quando o departamento de
marketing do seu negócio precisa criar peças gráficas (seja para circulação interna ou externa) o processo é sempre o mesmo: escolher um banco de imagem que forneça uma fotografia ou ilustração para enriquecer visualmente o material impresso. Afinal, essas plataformas disponibilizam o arquivo pronto para uso e edição, otimizando o trabalho do designer e reduzindo o custo com fotógrafo e/ou ilustrador.

Neste artigo, reunimos 5 dicas para você aproveitar melhor os bancos de imagem. Acompanhe!

Defina o termo correto para a sua busca

Para não enfrentar dificuldade ao pesquisar por uma imagem, defina com antecedência o termo que será usado na busca. Lembre-se que essa palavra-chave deve descrever ou fazer referência ao que é visto na fotografia/ilustração — como é o caso de um objeto, paisagem ou pessoa. Para aumentar sua chance de sucesso, use o termo tanto em português quanto em inglês.

Atente à resolução disponível

Não se deve utilizar uma imagem de qualquer tamanho. Ao contrário, o ideal é que a resolução seja sempre a maior possível, especialmente ao produzir um material impresso em formato A1, A2 ou A3.

Observe ainda o tamanho em polegadas/centímetros. Uma boa dica é fazer um teste de impressão para avaliar se a imagem está com boa ou má qualidade ao ser estampada em peças de diferentes formatos.

Caso a imagem seja para publicação de um conteúdo na internet, a resolução não precisa — nem deve — ser tão grande, para não deixar o carregamento da página lento. Nesse caso, também é válido fazer um teste.

Valide a compatibilidade de cores

Outro cuidado importante é testar compatibilidade de cores do arquivo encontrado com a peça gráfica que está sendo produzida. A razão disso é que ambos devem ter tonalidades afins, a fim de garantir que o material impresso fique esteticamente harmônico. Do contrário, o excesso de contraste pode provocar rejeição visual no público-alvo.

Cheque a licença de uso da imagem

Ao escolher um banco de imagens, confira qual tipo de licença de uso ele disponibiliza. Tenha em mente que alguns servidores fornecem um formato padrão, enquanto outros trabalham com uma versão específica para fim comercial.

Com isso, é preciso pagar por uma licença estendida para incluir a foto ou ilustração em um material com tiragem superior a 500 mil exemplares, por exemplo — teto que é facilmente alcançado em uma divulgação estadual, regional ou nacional.

Compare o plano pago de cada banco de imagem

Para encerrar, compare cada plano pago ofertado pelas diferentes plataformas. As maiores do ramo só disponibilizam gratuitamente uma pequena parcela do seu acervo. Sem falar, é claro, que é comum reduzir o direito de uso por imagem para fim pessoal. Portanto, é interessante dispor de uma conta empresarial.

Como você viu, escolher um banco de imagens com licença de uso bem-definida, variedade de arquivos e uma boa resolução é essencial para que o material da sua empresa seja de qualidade.

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Confira as regras internacionais de padronização de etiquetas

Notícias e Atualidades

Por que você vendeu e não viu a cor do dinheiro?

Desenvolvimento

Marketing Estratégico para alavancar os seus negócios

Desenvolvimento

Precificação - O segredo da lucratividade

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR