Em quatro meses, pequenos negócios criaram quase 300 mil novos empregos

Setor criou mais vagas no mercado de trabalho do que médias e grandes corporações, segundo levantamento

11-06-2019

Em quatro meses, pequenos negócios criaram quase 300 mil novos empregos
Foto: Envato Elements

Os pequenos negócios voltaram a responder pela geração de novos empregos no país. Um levantamento feito pelo Sebrae com base em dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, mostra que, em abril deste ano, as micro e pequenas empresas (MPE) concentraram a criação de 93,7 mil postos de trabalho formais.

O saldo de abril é quase três vezes maior que o gerado pelas média e grandes empresas e representa 72,3% do total de empregos gerados no país no mês, que foi de 129,6 mil.

No acumulado entre janeiro e abril de 2019, os pequenos negócios abriram quase 300 mil novos postos de trabalho. No mesmo período, as médias e grandes corporações criaram apenas 20,3 mil novas vagas. O saldo de empregos gerados pelas MPE nos primeiros quatro meses deste ano, no entanto, ainda está 14,4% abaixo do saldo gerado no mesmo período do ano passado.

Recuperação

Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, os números mostram que “o empreendedorismo está no sangue do povo brasileiro”. “Foram os pequenos negócios os grandes responsáveis pelo grande número de abertura de vagas no mercado de trabalho. E isso mesmo em tempos difíceis economicamente”, analisa.

O levantamento também mostra que, nos primeiros quatro meses do ano, as MPE do setor de serviços estiveram na liderança da geração de empregos. O saldo foi de 193 mil novos postos de trabalho, o que representa 69% do total de empregos gerados no período de 2019. As MPE que atuam no comércio, por sua vez, registram saldos negativos de vagas de trabalho no acumulado de 2019 – o que sinaliza que as empresas mais demitiram do que contrataram. Em abril deste ano, foram 10,6 mil postos gerados no segmento.

Regiões

As MPE do estado de São Paulo aparecem na liderança da geração de empregos no país em abril deste ano, com a criação de 29,3 mil postos de trabalho. Na sequência está Minas Gerais, com 14,7 mil empregos. Com isso, as MPE da região Sudeste foram as que mais geraram postos de trabalho neste mês (52,9 mil empregos). A região Nordeste aparece na segunda colocação, com a geração de 17,8 mil empregos. Praticamente todos os estados do país tiveram saldo positivo no período, com exceção ao Rio Grande do Sul.


Leia também: O que muda no mercado de trabalho com a chegada dos millennials

CONTEÚDO RELACIONADO

Notícias e Atualidades

Startups que estão criando o novo jornalismo

Notícias e Atualidades

Governo amplia autorização para trabalhar aos domingos e feriados

Desenvolvimento

Marketing Virtual: o poder das novas mídias

Desenvolvimento

Gente: o ativo mais importante

O que você achou desta matéria?

O QUE A GENTE PODE FAZER PELA SUA EMPRESA, HOJE?

Para tornar nossos conteúdos cada vez mais atrativos, responda nossa pesquisa e nos conte quais temas são mais relevantes para o seu desenvolvimento

RESPONDER

JÁ RECEBE A NOSSA NEWSLETTER?

Para receber gratuitamente as notícias que interessam a quem tem negócios, insira um endereço de e-mail:

CADASTRAR