Busca
Agronegócio Gestão Operacional

Como fazer um plano de manutenção de maquinários em uma pequena indústria

Foto: Envato Elements

Quem é proprietário de uma pequena indústria sabe da importância de contar com um maquinário em pleno funcionamento. O mau funcionamento ou a quebra de uma máquina pode parar a produção, gerando atrasos em entregas, reclamações de clientes e perdas financeiras significativas. A melhor maneira de se evitar isso é contar com um plano de manutenção adequado que ajuda a antecipar e prevenir problemas. No entanto, é comum, em micro e pequenas indústrias, a ausência de planejamento nesse sentido, fazendo com que as correções só aconteçam diante da ocorrência de falhas ou paralisações, a chamada manutenção corretiva. 

Engana-se quem acha que fazer a gestão da manutenção do maquinário requer grandes investimentos ou precisa ser algo muito sofisticado. Você pode contar com um plano simplificado, condizente com o tamanho da sua empresa e fácil de ser executado. 

Acompanhe: 

Passo 1) Faça um levantamento de todos os equipamentos 

Comece mapeando todos os maquinários, coletando todas as informações possíveis sobre eles como fabricante, ano de fabricação, modelo, número de série. 

Passo 2) Classifique os maquinários conforme a criticidade 

Para cada equipamento ou, em determinados casos, para determinadas peças ou conjunto de peças, defina o nível de criticidade. Leve em consideração critérios como segurança para a operação; custo de peças e mão de obra; dificuldade na reposição de peças; nível de necessidade para o processo produtivo; frequência de falhas.  

  • Criticidade A: recebem esta classificação equipamentos e peças essenciais para o funcionamento das linhas de produção, segurança de profissionais e qualidade do produto final. 
  • Criticidade B: devem ser classificados nesse nível os maquinários e peças que podem gerar problemas para a produção, mas não são tão emergenciais quanto os de nível A, sendo de mais simples resolução caso apresentem problemas. 
  • Criticidade C: são aqueles componentes ou equipamentos que não afetam de maneira tão brusca a produção a curto prazo caso apresentem falhas ou paradas. 

Passo 3) Defina o tipo de manutenção para cada máquina 

De acordo com a criticidade, decida qual tipo de manutenção será aplicada para cada maquinário.  

  • Manutenção Preditiva: baseada na análise e monitoramento de máquinas e peças da linha de produção, é pensada para detectar qualquer sinal de desgaste e antecipar falhas, resolvendo problemas antes que se agravem. Devido ao alto custo, costuma ser realizada apenas nos equipamentos de nível de criticidade A. 
  • Manutenção Preventiva: é realizada periodicamente e prevê a limpeza, lubrificação, trocas previstas de componentes (como rolamentos e vedações, por exemplo), alinhamentos, pequenos consertos etc. Deve ser realizada em todos os equipamentos; o que irá variar é sua periodicidade, com períodos menores para aqueles de níveis A e B do que o de nível C. 
  • Inspeção Visual: a cada período de manutenção preventiva, as máquinas que não façam parte da lista devem ser inspecionadas visualmente e as demandas por manutenção identificadas devem ser analisadas; às vezes é melhor antecipar uma correção ou ajuste; às vezes é possível esperar o prazo previsto para a ação preventiva. 

Passo 4) Estruture o plano 

Seu plano de manutenção deve ser um documento que reúna todas as informações dos passos anteriores e indique:  

  • Periodicidade de manutenção para cada equipamento (o que permite elaborar um cronograma) 
  • Estimativa de tempo de manutenção para cada equipamento 
  • Necessidade ou não de se agendar paradas programadas para cada máquina 
  • Recursos humanos necessários para a manutenção de cada máquina (indicando se serão internos ou de empresas contratadas) 
  • Ferramentas necessárias, e peças e componentes a serem adquiridos para a manutenção preventiva, com custo previsto 

Passo 5) Acompanhe o plano estruturado 

Finalmente, você irá precisar acompanhar a execução do plano, garantindo que os procedimentos previstos sejam efetivamente programados e realizados nos prazos estimados.  

O Programa Avançar oferece cursos online e podcasts exclusivos para fomentar o empreendedorismo no país.
Cadastre-se gratuitamente e confira!

Continue lendo

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.