Busca
Agronegócio Empreendedorismo

7 bloqueios mentais que atrapalham o crescimento do negócio

Foto: Shutterstock

Nossa mente é o motor que nos leva em direção à realização dos nossos maiores sonhos, mas também pode colocar inseguranças e dúvidas em nosso caminho. Muitas vezes, nossa mente cria armadilhas e nos faz enxergar as situações muito mais complexas do que realmente são.

A seguir, confira alguns bloqueios mentais que costumam ser comuns aos empreendedores, além de sugestões para acabar com cada um deles:

1. Pensar pequeno
Bater metas de crescimento e ampliar o seu negócio podem parecer tarefas impossíveis se você não for capaz de pensar grande. Portanto, pare de procrastinar e resolva os problemas que estão impedindo o seu desenvolvimento. Tome uma decisão sólida e comece a guiar seu crescimento nessa direção.

2. Sensação de insegurança
Quando as dúvidas tomam conta da nossa mente, o medo domina nossos pensamentos. Evite que isso aconteça e lembre-se de que muitas das nossas inseguranças são criações da nossa cabeça, que quando está repleta de negatividade, fica prevendo os piores cenários possíveis para os negócios.

3. Ter medo de errar
A escritora inglesa J.K. Rowling, dona de uma fortuna milionária construída com o sucesso de sua série de livros do bruxo Harry Potter, disse uma vez que viver sem cometer erros é impossível, a não ser que você viva de forma tão cautelosa que praticamente não tenha uma vida. Nesse caso, segundo Rowling, você terá falhado por covardia. Se o lucro do negócio sofre uma queda, o empreendedor inseguro logo começa a profetizar o fracasso, mesmo que não haja nenhum indício de problemas financeiros. Quando nossa mente cria situações como essa, somos levados à paralisia e deixamos de nos desenvolver.

4. Tomar decisões às escuras
Quando tomamos decisões baseadas no emocional, o resultado pode ser desastroso. No entanto, decisões tomadas às escuras, sem nenhum tipo de consulta ou pesquisa, podem ser fatais para o bem-estar do negócio. Todo empreendedor tem um apostador dentro de si e, por natureza, gostam de correr riscos. Isso faz com que tenham certa facilidade para tomar decisões difíceis e improváveis. No entanto, ao invés de lançar os dados e confiar no destino, é importante consultar seus parceiros de negócios e conselheiros financeiros. Não deixe sua mente e seu ego falarem mais alto. Tome decisões baseadas em fatos concretos.

5. Não ter foco
A habilidade de conquistar o sucesso está intimamente ligada à capacidade de vislumbrá-lo em sua mente. Quando você sabe onde quer chegar, fica mais fácil ter foco para desenvolver o negócio. Para isso, crie espécies de caixas do pensamento em sua mente e tente separar cada um deles em um compartimento. Dessa forma você será obrigado a pensar em uma coisa de cada vez. Primeiro, dedique seu pensamento às estratégias de venda. Depois, reserve um tempo para as ações de marketing. Em seguida, comece a criar ferramentas de inovação. Não deixe um assunto atrapalhar o outro.

6. Dificultar decisões
Ao invés de facilitar a tomada de decisões e facilitar os processos, muitos empreendedores acabam maximizando os problemas e atrasando o andamento dos negócios. Em alguns casos, uma análise simples ou o um feedback rápido de um colega podem resolver as coisas. Pensar demais só dificulta o processo.

7. Fazer manipulação motivacional
Muitas vezes não é o excesso de negatividade que leva ao fracasso, mas o otimismo exagerado. O dono do negócio fica tão convencido de que alcançará o sucesso que começa a criar falsas expectativas para seus funcionários. No entanto, se com o passar do tempo essas promessas não forem sendo cumpridas a equipe ficará desmotivada. Por isso, motive sem manipular. Seja honesto sobre suas condições e reais expectativas a longo prazo.

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência de navegação, memorizar suas preferências e personalizar o conteúdo publicitário de acordo com seus interesses. Veja mais detalhes em nossa Política de Privacidade.