O que é Banking as a Service (BaaS) e como funciona

Saiba mais sobre as plataformas de serviços financeiros e os impactos do Open Banking nesse mercado

Publicado em 04/06/2021

banking as a service

Nos últimos anos o mercado financeiro tem sido constantemente impactado por inovações que vão desde produtos a soluções tecnológicas. A digitalização dos processos é uma tendência e podemos dizer que já é uma realidade. Muitas empresas já começaram a investir em automação, que reflete em ganho de produtividade, aumento da receita e sustentabilidade.

Uma das principais inovações do mercado financeiro é o Banking as a Service (BaaS). Trouxemos aqui as principais informações, veja como funciona e como será impactado com a chegada do Open Banking.

  • O que significa Banking as a Service?
  • Como funciona o BaaS?
  • Mudanças com o Open Banking

O que significa Banking as a Service?

Em poucas palavras, Banking as a Service (BaaS), se refere às plataformas de serviços financeiros.

Ou seja, podemos considerar BaaS as plataformas digitais que nos permitem ter acesso às diversas facilidades online no formato “as a Service”, como a automação do setor financeiro da empresa. Nesse sentido, essas plataformas atuam no papel da instituição de pagamento e do emissor.

De forma simplificada, esse tipo de solução permite que instituições financeiras prestem serviços a empresas de diversos setores de atuação e não sejam autorizadas pelo Banco Central. Sendo assim, o BaaS torna possível que essas empresas tenham seu próprio banco, realizando operações financeiras e criando produtos e serviços com um próprio banco digital, sem que seja necessário se preocupar com diversas burocracias existentes, já que as mesmas ficam sob responsabilidade do desenvolvedor BaaS, devidamente autorizado.

Os exemplos mais comuns de BaaS que temos no mercado são representados pelas fintechs, novas instituições financeiras que oferecem produtos e soluções apenas no formato digital para seus clientes.

Como funciona BaaS?

Uma plataforma BaaS funciona como um ambiente digital para o desenvolvimento e gerenciamento de uma cadeia de pagamentos. Dessa forma, é possível conferir as transações e comportamento de consumo dos clientes, dentre outras funcionalidades financeiras, a depender do tipo e instituição.

O Banking as a Service é disponibilizado via APIs (Application Programing Interface), que faz a comunicação entre o desenvolvedor do BaaS e a empresa interessada a prestar os serviços financeiros.

Dentre alguns dos produtos ofertados por uma Banking as a Service, além da conta digital popularmente conhecida, estão:

  • serviço básico de pagamento de contas;
  • Pix;
  • transferências, tais como TED;
  • outros serviços, tais como recargas de celular;
  • geração de boletos;
  • geração de cartões físicos e/ou virtuais;
  • cashback;
  • soluções de crédito;
  • peer-to-peer lending (p2p), tipo de empréstimo coletivo entre tomadores de crédito e investidores.

Como ficam com o Open Banking?

Com a chegada do sistema financeiro aberto, com o Open Banking e Open Finance, os bancos tradicionais terão maior competitividade digital na oferta de produtos e soluções, já que o usuário poderá movimentar sua conta bancária por um aplicativo que não necessariamente o do seu banco.

Sendo assim, o mercado de BaaS se tornaria complementar, na oferta de soluções financeiras especializadas no ambiente digital, tais como contas digitais para empresas em plataformas e apps na modalidade white label. Dessa forma, o Banking as a Service continuará atuando na entrega de operações bancárias ou de crédito para empresas dos mais diversos segmentos.

banner podcast empreendedores

Conheça o Programa Avançar

Com foco no desenvolvimento do empreendedor, trazemos uma série de conteúdos que auxiliam na gestão do seu negócio. São cursos online e podcasts atualizados com as novidades do mercado, inovações digitais, dentre outras vantagens exclusivas:   

>>  Cadastre-se gratuitamente no Programa Avançar <<