Como administrar o capital de giro da sua empresa

Entenda o conceito, faça análises e conheça soluções para esse ciclo do capital nos negócios

Publicado em 23/03/2018

capital-de-giro

Afinal
o que é capital de giro?

Em linhas gerais, capital de giro representa o ciclo formado pela saída e entrada de recursos na empresa, cuja dinâmica deve ser (teoricamente) suficiente para a sustentabilidade das operações.

No entanto, o dinheiro que você recebe, menos o que você gasta, diante das exigências da manutenção do negócio, pode não ser suficiente. Nessas horas, é preciso realizar uma análise técnica (e não emocional) para avaliar as melhores opções de crédito.

 

Fazer um empréstimo para a empresa é um bom negócio?

 

Como calcular meu capital de giro

De forma bastante simplificada, o total de contas que você tem a receber subtraído dos valores que têm a pagar vão resultar no seu capital de giro.

Observação: empresas que possuem quantias referentes a estoque também devem acrescentar esses números no total a receber.

Equilibrar o valor do capital de giro é fundamental para o bom andamento dos negócios. Um valor médio serve como base, de onde é possível tomar atitudes para a manutenção desse índice.

Como analisar o capital de giro

Quando falamos de analisar capital de giro, estamos nos referindo a avaliar os recursos financeiros da empresa e, a partir dessa ação, tomar atitudes práticas.

Quando as contas saem do controle e esse valor estipulado como capital de giro fica muito abaixo do previsto, sem condições de recuperação, é preciso estudar uma opção de crédito.

Optar pelo empréstimo, por sua vez, representa pagamento de juros, o que vai impactar negativamente na margem de lucros.

Um empréstimo personalizado

 E diante das particularidades que a rotina financeira de uma empresa demanda, o Santander desenvolveu uma solução sob medida às necessidades do empreendedor.

Acesse hoje mesmo e descubra qual o modelo ideal para equilibrar o capital de giro de sua empresa. Clique aqui e saiba mais.