Como transformar sua empresa em um negócio digital

Mais do que se adaptar às mudanças de consumo surgidas pela pandemia, é preciso aproveitar a oportunidade para acelerar seu negócio rumo à transformação digital. Saiba o que não pode faltar nesse processo

Publicado em 24/09/2020

Foto: Envato Elements

A pandemia do novo coronavírus fez o mercado consumidor mudar muito rapidamente. As restrições de circulação das pessoas e de funcionamento dos estabelecimentos levaram os clientes a, rapidamente, migrarem para o meio digital. Dados do MCC-ENET apontam crescimento nas vendas online de 137,35% em maio; 110,52% em junho; e 106,78% em julho; quando comparado aos mesmos meses de 2019.  Neste período, muitos consumidores vivenciaram sua primeira experiência com a compra online e quem já tinha esse hábito o ampliou, passando a adquirir produtos e serviços de novos segmentos. Outra verdadeira revolução foi a entrada no mundo digital de diversos serviços, antes prestados somente de forma presencial, como academias de ginástica ofertando aulas virtuais; psicólogos atendendo por vídeo-chamadas; consultores realizando atendimentos de forma remota.

Estes são comportamentos que vieram para ficar. Por isso, mais do que adaptar-se para sobreviver no mercado, vencer os desafios trazidos pela crise sanitária deve ser visto pelas pequenas empresas como uma oportunidade de aceleração para sua transformação digital.

Confira o que é preciso ter em mente para que esta transformação seja consistente: 

  • Buscar aumento da capilaridade –  a ampliação do mercado de atuação é uma característica de negócios digitais. Por exemplo, um estabelecimento que antes atendia apenas o público de um determinado bairro e que passa, com a digitalização, atender a cidade toda ou, até mesmo qualquer local do País.
  • Ter agilidade na oferta de novos produtos e serviços – um negócio digital deve ser pensando de forma a ter agilidade para entender e atender novas demandas, realizando ajustes e adaptações. Um exemplo foi o experimentado, na pandemia, pelos negócios que vendem refeições por aplicativos e que, geralmente, trabalhavam com a oferta de porções individuais: com o home office, muitas famílias passaram a almoçar juntas e isso gerou a necessidade de incluir, no cardápio, pratos para serem compartilhados. 
  • Investir na automação e digitalização de processos – negócios digitais pedem processos digitais. Não há como ter a agilidade necessária com controles manuais.  A digitalização possibilita, por exemplo, responder rapidamente para o cliente o status de um pedido, passando uma imagem de organização e eficiência.
  • Adotar formas de divulgação ampliadas – o meio digital oferece diversas formas para a divulgação de produtos e serviços. Para conferir as principais e como aproveitá-las para o seu negócio, ouça o Episódio 03 do Podcast Avançar sobre E-commerce. São várias dicas, mas para ir direto ao ponto sobre as formas de divulgação, acompanhe o intervalo que vai de 06’10’’ a 09’18:

Para ouvir o podcast clique aqui e cadastre-se

  • Ter rapidez na tomada de decisão – pensar e agir rápido é uma tônica dos negócios digitais. O objetivo deve ser sempre implementar experiências rápidas e precisas, voltadas para atender as expectativas dos clientes.

Quer saber mais sobre como viver uma transformação digital de seu negócio? Acesse aqui o conteúdo exclusivo e saiba como organizar o e-commerce da sua empresa e conectar os meios de pagamento mais adequados.