Santander Universidades seleciona vencedores do programa Empreenda 2019

As iniciativas escolhidas foram contempladas com aporte financeiro, bolsas de estudo e mentoria

Santander Universidades seleciona vencedores do programa Empreenda 2019
Foto: Divulgação

O Empreenda Santander, programa de empreendedorismo promovido pelo Santander Universidades, selecionou nesta semana os vencedores da edição de 2019. Foram mais de 4.700 inscritos neste ano, separados em três categorias: Universitário Empreendedor, Universidade & Microempreendedor e Startup.

Dos 30 finalistas que chegaram até a última etapa, a banca julgadora composta por integrantes do Santander e de parceiros como Endeavor, ACE e Aliança Empreendedora selecionou três projetos vencedores.

Universitário Empreendedor

O vencedor da categoria Universitário Empreendedor foi Bruno Costa Candia, estudante do Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), com o projeto Aurem, uma empresa de tecnologia assistiva que facilita a inclusão de estudantes com problemas auditivos nas instituições de ensino. O aluno recebeu um aporte financeiro de R$ 30 mil, uma bolsa de estudos e uma mentoria realizada pela ACE.

Universidade & Microempreendedor

A dupla Karina Dias, da Unifacisa, e a microempreendedora Erika do Nascimento foram as vencedoras na categoria Universidade & Microempreendedor. Com uma iniciativa que aproveita o conhecimento da universidade para alavancar negócios de pequenas empresas, Karina foi responsável por orientar Erika a impulsionar seu negócio de confecção de roupas plus size, em Sapé, cidade localizada no interior da Paraíba.

A microempreendedora recebeu um aporte financeiro de R$ 5 mil reais e mentoria de 6 meses da Universidade Unifacisa, que terá R$ 15 mil reais para operacionalizar a capacitação com o apoio da Aliança Empreendedora.

Startup

A Netshow.me, idealizada por Rafael Belmonte, foi a ganhadora na categoria Startups. A empresa trabalha com uma solução de transmissão online de vídeos e recebeu um aporte no valor de R$ 100 mil, além de bolsas de estudo e 6 meses de mentoria da Endeavor. “O aporte será investido na construção de time, que deve chegar a 50 colaboradores até o final deste ano, e na expansão da empresa”, conta Rafael. “Com as bolsas de estudo, vamos levar cinco lideranças da empresa para Boston para enriquecer e potencializar suas experiências e conhecimentos para depois replicarem no nosso negócio.”

Durante a cerimônia de reconhecimento, o presidente do Santander Brasil enfatizou o papel do banco na promoção do empreendedorismo e da educação no país e lembrou aos finalistas que empreender é sinônimo de tomar risco. “Os ganhadores abraçaram o risco e fizeram desse risco uma mola de transformação das suas vidas. Sem risco inteligente, não há progresso', afirmou Rial.